Imprimir esta página
-->

Avião chileno que seguia para Antártida desaparece com 38 pessoas

10 Dezembro 2019

Aeronave perdeu comunicação quando sobrevoava o mar de Drake, passagem marítima considerada a mais tempestuosa do planeta

Foto: Reprodução

Um avião Hércules C-130 que decolou nesta segunda-feira, 9, da cidade

de Punta Arenas, sul do Chile, desapareceu com 38 pessoas a bordo no mar de Drake quando seguia para a Antártica e uma operação de busca foi iniciada, informou a Força Aérea.

A aeronave perdeu comunicação quando sobrevoava o mar de mar de Drake, uma passagem marítima entre o continente americano e a Antártida, considerado pelos marinheiros como a mais tempestuosa do planeta.

A bordo do C-130 Hércules viajavam 38 pessoas — 17 tripulantes da aeronave e 21 passageiros —, incluindo 15 oficiais da FACH, três do Exército, dois funcionários da empresa privada de construção Inproser e um funcionário da Universidade de Magallanes.

As pessoas viajavam para cumprir tarefas de apoio logístico na base Eduardo Frei, a maior do Chile na Antártica: a revisão do oleoduto flutuante de abastecimento de combustível da base e o tratamento anticorrosivo das instalações.

A FACH declarou “estado de alerta pela perda de comunicação” e ativou uma operação de resgate com aeronaves e navios da Marinha para “resgatar possíveis sobreviventes”. O avião tem sistema ELT que indica sua posição por satélite, mas durante a madrugada o dispositivo não permitiu localizar a aeronave. (Com informações da Exame)

/ Veja Também

Em breve novidade aqui!!!
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree