-->

Executivos da Enel Goiás dizem que “evolução está acontecendo”. Senador rebate

11 Dezembro 2019

“Não posso defender vocês enquanto houverem tantas reclamações sobre o serviço. Isso é um sinal de que algo não está funcionando e que a situação está complicada no Estado”, disse o

senador Luiz do Carmo

Senador Luiz do Carmo | foto: Reprodução

A bancada goiana se reuniu, na noite da última terça-feira, 10, no Congresso Nacional com dirigentes da empresa Enel. O encontro ocorreu na sala do líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Vitor Hugo.

Na ocasião, os executivos enviados à Brasília defenderam os resultados da empresa diante os parlamentares e reforçam que, apesar da Enel ainda não ter atingido os resultados necessários, “a evolução está acontecendo”.

Ao falarem sobre as metas e resultados da empresa, os executivos reconheceram os índices de reclamações ao longo do último mês e justificaram: “tivemos problema para encontrar mão de obra qualificada no tempo que gostaríamos”.

Mas não só: “em setembro tivemos queimadas fora do normal em todo o Brasil; em Goiás não foi diferente. Temos vídeos de queimadas absurdas em postes de energia elétrica. As chuvas no começo de outubro também danificaram nossas redes”.

Outro pronto abordado pelos técnicos como empecilhos para o “bom andamento” dos trabalhos nos últimos meses diz respeito a quantidade de descargas elétricas registradas em Goiás. “Foram quase 40 mil raios esse ano contra 3 mil do ano passado”.

Para finalizar, um dos executivos completou: “Queremos mostrar que tivemos um problema atípico em novembro. Por isso, houve um aumento das reclamações”.

Reação parlamentar

Após a apresentação dos dados, o senador Luiz do Carmo (MDB) pediu a palavra. Ao discursar o emedebista reiterou que é contra a quebra de contrato com a empresa, no entanto, disparou: “o serviço de vocês está péssimo”.

“O que funcionava antes já não funciona mais. Estamos vivendo grandes mudanças. Não posso defender vocês enquanto houverem tantas reclamações sobre o serviço. Isso é um sinal de que algo não está funcionando e que a situação está complicada no Estado”, disse o senador.

Por fim, Luiz do Carmo disse que a empresa “precisa agir de maneira diferente”. “Vocês querem ser tão perfeitos que não estão dado o resultado esperado. Precisamos mostrar que vocês estão fazendo alguma coisa ao povo goiano”, criticou.

Após o encontro, o Jornal Opção conversou com o senador sobre o assunto. À reportagem, Luiz do Carmo disse que diante da pressão da classe política, bem como os altos índices de reclamação dos goianos, a situação deve melhorar em breve: “Acredito que eles vão tomar uma providência. Há uma movimentação muito grande em torno do serviço que tem sido prestado. Eles estão apertados”.  No entanto, descartou a possibilidade de quebra de contrato com a empresa: “Isso não existe. Seria muito ruim para o Brasil”, concluiu.


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 1983 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree