-->

Aliança pelo Brasil está fora das eleições 2020 

27 Fevereiro 2020

Advogado argumenta ter levantado ao menos 1 milhão de assinaturas, no entanto, TSE só conseguiu validar, até o momento, 3.334. “Nossa parte foi feita”, disse o jurista

Foto: Reprodução

O

partido Aliança pelo Brasil, encabeçado pelo presidente Jair Bolsonaro, participará da disputa eleitoral no ano de 2020. Isso porquê, apesar do partido dizer que foram levantadas mais de 1 milhão de assinaturas para homologação da sigla junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o órgão só conseguiu validar, até o memento, 3.334 assinaturas.

Segundo informações divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo, faltam menos de 40 dias para que os partidos políticos obtenham o registro necessário da Justiça Eleitoral para poderem disputar as eleições deste ano. Para que isso ocorra, o partido deveria contar com, no mínimo, 492 mil assinaturas validas junto ao TSE.

No entanto, ainda de acordo com o jornal paulista, o TSE afirmou que a sigla apresentou, até o momento, 66.252 assinaturas  onde, além das 3.334, 48.127 estão em fase de impugnação, 2.593 em fase de análise e 12.198 já foram rejeitadas.

Mas o advogado e principal operador do partido, Luís Felipe Belmonte dos Santos, disse ao Estadão que ao menos 1 milhão de assinaturas foram levantadas. “Nossa parte foi feita, mas os cartórios eleitorais estão recusando todas as fichas com firma reconhecida. Eles alegam que não houve regulamentação. Além disso, o sistema cai toda hora. Os cartórios eleitorais não estavam preparados para um volume tão grande [de assinaturas]”.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree