-->

Gabriela Prioli alega constrangimento e pede demissão da CNN

29 Março 2020

Apesar de ser especialista em política de drogas, tema do último programa exibido pela CNN, apresentador e comentarista de programa da CNN não deixavam Gabriela terminar suas falas

Programa Grande Debate, em que Gabriela Prioli era comentarista / Foto: Reprodução /CNN

Gabriela Prioli anunciou neste domingo, 29, que pediu desligamento da emissora de televisão CNN. Ela participava como comentarista política no programa Grande Debate, apresentado por Reinaldo Gottino. Logo na primeira semana, Prioli chamou atenção ao debater com Caio Copolla, que teve de ser substituído por Tomé Abduch, após apresentar sintomas de Covid-19.

No último programa, que ocorreu na última sexta-feira, 27, ficaram muito explícitas as interrupções sofridas por Gabriela, enquanto debatiam a política de drogas no Brasil. Gottino e Abduch não deixavam que ela concluísse seus raciocínios, o que logo foi percebido por espectadores que comentaram em suas redes sociais.

Prioli é mestre em direito penal, professora de pós-graduação em Direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie e especialista em política de drogas. Ela utilizou sua conta no twitter para anunciar a saída da emissora, que ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto.

Queridos antigos e novos amigos, os últimos dois dias foram de muita reflexão. Não é fácil ser firme no início de um projeto profissional, mas é impossível não me comportar segundo aquilo que eu defendo, apesar das possíveis consequências.

Eu digo a vocês, de forma reiterada, para se posicionarem, serem firmes e não cederem diante de comportamentos que vocês considerem inadequados. Se agora, quando a vida demanda isso de mim, eu agisse de outra forma, estaria sendo hipócrita.

Em mais de uma oportunidade tive que me posicionar cobrando respeito ao meu espaço de fala. É preciso ser mais contundente.O meu compromisso é com um debate racional, prospectivo, informativo e respeitoso.

Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras.

Não posso legitimar que o achismo seja equiparado ao conhecimento científico nem contribuir para acirrar a polarização. Seguirei, por enquanto, dividindo com vocês as minhas análises nas minhas redes e pensando em outras formas para podermos interagir e evoluir com qualidade.

Nessas últimas duas semanas o nosso grupo cresceu e isso me traz profunda satisfação. O meu maior prazer é essa troca que tenho com vocês. Fica aqui então o meu muito obrigada.

Nos posicionar é a forma que nós temos de conscientizar o mundo daquilo que nós consideramos fundamental.

Gabi

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree