-->

Na Espanha, salvar uma pessoa é visto como uma vitória

29 Março 2020

A parte bonita desta pandemia é a união de uma nação, a compreensão e entendimento e o acato de cada lei aplicada. Salvar vidas é crucial

Celeste Gomes del Salto,

De

Madri

Especial para o Jornal Opção

Lugar altamente frequentado de Madri — agora vazio

Na Espanha os casos de coronavírus continuam em crescimento. A rapidez da expansão do vírus fez o país paralisar. Em uma semana os casos de pessoas contaminadas passaram de 0 a 100, na semana seguinte de 100 a 1000 e de 1000 a 4000 em quatro dias. As cifras atuais de casos diagnosticados é de 78.797 e 6.528 mortos. Tudo isso sem contar com as pessoas que passaram pela contaminação, sem serem diagnosticadas. Algumas se recuperam sem necessidade de serem internadas e outras faleceram nos próprios domicílios. Estes casos não estão contabilizados.

O presidente do governo convocou um conselho de ministros para aprovar as novas medidas. No Palácio da Moncloa, ele anunciou que amplia a paralisação de toda atividade não essencial. Com licença remunerada aos trabalhadores. O endurecimento do confinamento dos 47 milhões de espanhóis entrará em vigor na segunda-feira, 30, e durará até o dia 9 de abril. Poderá ser revisado mais tarde.

Que significa a “licença remunerável recuperável”?

Significa que os trabalhadores ficarão duas semanas sem trabalhar e posteriormente, quando terminar a emergência, recuperarão estas horas não trabalhadas. A recuperação deverá ser paulatina. São nove dias no total. Contando que a Semana Santa ampliará esses nove dias. Em resumo, os trabalhadores terão férias pagas, que deverão ser devolvidas de forma progressiva às empresas. Conforme o acordo entre os trabalhadores (sindicatos) e empresas.

Ainda não foi publicada a lista das atividades consideradas essenciais, mas nos comunicados anteriores são principalmente os supermercados, farmácias, meios de comunicação, postos de combustíveis, equipes tecnológicas e de telecomunicações, lojas de alimentos para animais de companhia (cachorros, gatos). Toda indústria que administre estas atividades poderá seguir operando — como até agora. Por exemplo: atividades do setor primário — como agricultura, pesca e produtos alimentícios, fabricação de roupas, produtos farmacêuticos e transportes de distribuição de todos os produtos considerados básicos. Todas atividades que envolvam o teletrabalho também poderão ser mantidas.

É difícil fazer com que todos entendam o estado de alarme. Há pessoas que não aceitam acatar as normas. Foram detidas mais de 1500 pessoas em duas semanas e multadas 144.555 pessoas. Tais multas estão amparadas pela “Lei Mordaça” e variam de 100 a 30.000 mil euros.

A parte bonita desta pandemia, se é que existe alguma, é a união de uma nação, a compreensão e entendimento e o acato de cada lei aplicada. A população está conscientizada da necessidade de permanecer em casa, para poder salvar vidas. A preocupação geral não é a sua própria vida, e sim a vida de todos, salvar uma pessoa já é considerado aqui uma vitória.

Celeste Gomes del Salto, jornalista, mora na Espanha desde 1988. Nasceu em Iporá, trabalhou oito anos na TV Brasil, no “Diário da Manhã” e foi assessora de Joaquim Roriz (interventor em Goiânia, na década de 1980).

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree