-->

MAIS UM CASO MOTEL: Médica-veterinária morre de overdose em motel e empresário que fugiu da cena do crime deverá se apresentar hoje à polícia.

17 Janeiro 2020
De camisa vermelha, delegado conversa com funcionários de motel (Foto: Henrique Kawaminami)

A médica veterinária, de 29 anos, que

morreu na BR-262, na noite de ontem, depois de sofrer um surto por consumo de cocaína num motel na saída para Três Lagoas, em Campo Grande, passou por momentos tristes antes de ir à óbito. Segundo testemunhas “ela rastejava no asfalto, gritando o tempo todo e pedindo ajuda”. Surtada ela espumava pela boca.

Pessoas tentaram ajudá-la, mas ela saiu do apartamento correndo antes de sofrer uma parada cardíaca fulminante. O parceiro dela, que pode tê-la induzido à overdose deixou o local às pressas na sua Amarok prata, jogando a bolsa da jovem a fim de se desvencilhar do problema.

O advogado contratado o “empresário” deverá se apresentar ainda hoje na delegacia que apura o caso.

O “empresário” – segundo informações – é viciado. A família tem lutado bravamente para libertá-lo das drogas, sem sucesso.

Fotos e outros detalhes sobre o empresário envolvido chegaram à nossa redação. As iniciais dele são “R. V”.

Comentários

Comentários


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 11663 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree