Imprimir esta página
-->

Aposentado reencontra família depois de 52 anos

22 Janeiro 2020
O reencontro com muita emoção aconteceu no dia 5, depois de 52 anos de separação e muitos anos de procura - Foto: Divulgação/Assessoria

Antônio Ribeiro, 70, sempre foi muito

apegado a sua família, mas após alguns desencontros, perdeu o contato com sua mãe, irmã e meia-irmã.

Antonio relata que a última vez que as viu foi em 1967, quando na época moravam em Aparecida do Taboado, na vila São Jerônimo. Mas o aposentado relata que por conta da separação entre as famílias, perdeu o contato com todos os parentes.

Quando entrou em 2020 decidiu que era a chance de reencontrar sua família que não via a mais de 50 anos. O aposentado que ainda vive em Aparecida, entrou em contato com o investigador da polícia, Marcelo Garcia de Paula, e contou que estava a procura de sua mãe Maria Mariana, sua irmã Conceição e sua meia-irmã Cidinha.

Com as informações prestadas por Antônio, a polícia conseguiu descobrir que a mãe do aposentado adotou o sobrenome do marido, passou a se chamar Maria Mariana Benetolli e viveu seus últimos dias na cidade de Limeira (SP), tendo falecido no ano de 2015, aos 84 anos de idade. A meia-irmã de Antônio, apelidada de Cidinha, adotou o sobrenome do marido dela, passando a se chamar Aparecida Creuza de Freitas. Também viveu seus últimos dias na cidade de Limeira (SP), tendo falecido em dezembro de 2017, aos 62 anos de idade.

A meia-irmã de Antônio, Conceição chama-se Maria Conceição Benetolli. Ela foi localizada. Hoje com 69 anos, reside na cidade de Cuiabá (MT). O reencontro com muita emoção aconteceu no dia 5, depois de 52 anos de separação e muitos anos de procura.

Deixe seu Comentário

Veja Também

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree