-->

Hospital Regional de Cirurgias amplia número de atendimentos para municípios da Grande Dourados

24 Janeiro 2020

Campo Grande (MS) – O Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (HRCGD) está ampliando o número de atendimentos para a população de 33 cidades da região. Inicialmente, serão ofertadas

mensalmente 208 cirurgias, 800 consultas, 100 exames de colonoscopia e 100 de endoscopia. “O Hospital já tem um atendimento de excelência. Agora vamos aumentar o número dos procedimentos para que a população seja atendida com mais rapidez”, salienta o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

Administrado pelo governo do Estado sob a gestão do Instituto Acqua, o Hospital Regional de Cirurgias foi implantado em Dourados para atender pelo SUS (Sistema Único de Saúde) pacientes encaminhados pelos municípios da macrorregião da Grande Dourados. No entanto, a partir de agora, se houver sobra de vagas nas especialidades oferecidas, elas serão abertas para moradores de outras regiões.

Segundo Ed Carlos Britto Burgatt, coordenador estadual de Regulação Assistencial, a ampliação atende determinação do secretário Geraldo Resende, baseado na política do Governo do Estado, que busca aprimorar a saúde em todas as regiões. Para tanto, desde a última segunda-feira (20.01) a Coordenadoria Estadual de Regulação da Assistência, da Secretaria Estadual de Saúde (CERA/SES), assumiu os processos relativos aos procedimentos operacionais de regulação do acesso ao Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados. 

Secretário Geraldo Resende anunciou ampliação do atendimento no HRCGD

Procedimentos

Os procedimentos ofertados no hospital na área de cirurgia geral são os seguintes: colecistectomia, herniorrafia inguinal videolaparoscópica; herniorrafia umbilical videolaparoscópica; herniorrafia incisional; biópsia de pele e partes moles; exerese de tumor de pele e anexos (cisto sebáceo/lipoma). Na de ginecologia: tratamento cirúrgico de cistocele; retocele (prolapso genital feminino); cauterização química de pequenas lesões; marsupializacão de glândula de Bartholin; perineoplastia (colpoperineoplastia anterior e posterior); laqueadura tubária; ooforectomia/ooforoplastia; curetagem semiótica com ou sem dilatacão do colo do útero; e tratamento cirúrgico de incontinência urinária por via vaginal/Sling.

Também realiza exames de endoscopia digestiva alta (biópsia, mucosectomia e polipectomia) e colonoscopia (polipectomia e biópsia). Na urologia: tratamento cirúrgico de varicocele; plástica de freio balano-prepucial; meatotomia simples; postectomia; correção cirúrgica de hidrocele; cauterizacão química de pequenas lesões; e vasectomia.

Em ortopedia, os procedimentos ofertados são: tratamento cirúrgico em túnel ósteo-fibroso ao nível do carpo; tratamento cirúrgico de dedo em gatilho; tratamento cirúrgico de pé torto congênito; ressecção de cisto sinovial; retirada de fios e pinos; reparo de rotura do manguito rotador; reconstrução ligamentar do joelho/ligamento lateral; reconstrução ligamentar do joelho/ligamento medial; tratamento cirúrgico de rotura do menisco com meniscectomia parcial ou total.

Na oftalmologia, a unidade executa procedimentos como tratamento cirúrgico de pterígio efacoemulsificação com implante de lente intra-ocular dobrável. No âmbito vascular o procedimento disponível é tratamento cirúrgico de varizes. O hospital ainda realiza exames de endoscopia digestiva alta (biópsia, mucosectomia, polipectomia) e colonoscopia (polipectomia e biópsia).

Municípios atendidos

O atendimento do Hospital Regional de Cirurgias é disponibilizado aos moradores da macrorregião da Grande Dourados, compreendida por quatro microrregiões: de Dourados, de Nova Andradina, de Naviraí e de Ponta Porã, totalizando 33 cidades.

A microrregião de Dourados é compreendida pelos municípios de Caarapó, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Rio Brilhante e Vicentina.

A microrregião de Nova Andradina é composta pelas cidades de Anaurilândia, Angélica, Batayporã, Ivinhema, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul e Taquarussu.

Os municípios Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo e Naviraí compõem a microrregião de Naviraí; as cidades de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru são integrantes da microrregião de Ponta Porã.

 Orientações

A diretora de gestão estratégica da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Edelma Peixoto Tibúrcio, orienta os municípios abrangidos pela macrorregião da Grande Dourados que tenham alguma demanda de procedimentos ofertados pelo HRCGD a inserirem as solicitações de consultas especializadas e exames de diagnósticos no Sistema CORE (Complexo Regulador Estadual).

“A Coordenadoria Estadual de Regulação da Assistência ficará responsável em contatar o município solicitante quando o agendamento for realizado, cabendo ao município comunicar ao paciente a data do agendamento e a impressão da filipeta pelo Sistema CORE”, salienta Edelma. “Os municípios devem implantar um fluxo diário de acompanhamento dos agendamentos feitos no Sistema CORE”, complementa.

Aos pacientes, a SES orienta procurarem as unidades de saúde (postos de saúde) de sua cidade para a realização da consulta inicial e, uma vez indicado o procedimento, deverão ser encaminhados pelo Município para o Hospital de Cirurgias, situado à Rua Coronel Ponciano, 3233, em Dourados.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3378-3501, 3378-3513, 3378-3515 e 3378-3575, no CORE com Ed Carlos ou Ana Cláudia Formiga; ou no Núcleo Regional de Saúde de Dourados, pelo telefone 3421-4672 (Rua Hilda Bergo Duarte, 940, Jardim Caramuru, Dourados-MS).

 

Ricardo Minella – Secretaria de Estado de Saúde (SES)

Fotos: Divulgação

Deixe seu Comentário

Veja Também


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 754 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree