-->

Déficit em conta corrente soma US$ 11,879 bilhões em janeiro, revela BC

21 Fevereiro 2020
Arte/UOL/Stefan

Após o déficit de US$ 50,762 bilhões acumulados em todo o ano de 2019, o Brasil registrou em janeiro de 2020 um rombo de US$ 11,879 bilhões na

conta de transações correntes, informou nesta sexta-feira, 21, o Banco Central. A instituição projetava para o mês passado déficit de US$ 8,7 bilhões na conta corrente.

O número efetivo do mês passado ficou dentro do levantamento realizado pelo Projeções Broadcast, que tinha intervalo de déficit de US$ 14,196 bilhões a déficit de US$ 9,000 bilhões, mas acima da mediana, que era negativa em US$ 11,000 bilhões. O rombo de US$ 11,879 bilhões de janeiro é o pior resultado para o mês desde 2015, quando houve déficit de US$ 12,011 bilhões.

A balança comercial registrou saldo negativo de US$ 2,563 bilhões em janeiro, enquanto a conta de serviços ficou negativa em US$ 2,659 bilhões. A conta de renda primária também ficou deficitária, em US$ 6,766 bilhões. No caso da conta financeira, o resultado ficou negativo em US$ 12,028 bilhões.

A estimativa do BC, conforme o último Relatório Trimestral de Inflação (RTI), é de déficit em conta corrente de US$ 57,7 bilhões em 2020.

Já nos 12 meses até janeiro deste ano, o saldo das transações correntes está negativo em US$ 52,285 bilhões, o que representa 2,85% do Produto Interno Bruto (PIB).

IDP

Os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 5,618 bilhões em janeiro, informou o Banco Central. O resultado ficou dentro das estimativas apuradas pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 4,500 bilhões a US$ 6,500 bilhões, com mediana de US$ 5,100 bilhões. Pelos cálculos do Banco Central, o IDP de janeiro indicaria entrada de US$ 5,000 bilhões.

A estimativa do BC para este ano, conforme o último Relatório Trimestral de Inflação (RTI), é de IDP de US$ 80,0 bilhões em 2020.

No acumulado dos 12 meses até janeiro deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 78,350 bilhões, valor que representa 4,26% do Produto Interno Bruto (PIB).

Deixe seu Comentário

Veja Também


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree