-->

Domingo de carnaval tem desfile de escolas de samba em Corumbá

23 Fevereiro 2020

Campo Grande (MS) – O grande dia esperado pelos corumbaenses e turistas que visitam a região chegou: começa na noite deste domingo (23) o desfile das escolas de samba, no

circuito do samba montado entre a Avenida General Rondon e a Praça Generoso Ponce, centro de Corumbá. Quatro escolas abrem a disputa e, na segunda-feira (24), outras cinco encerram o espetáculo. A apuração do desfile ocorrerá na quarta-feira.

Um grande público prestigiou o desfile dos onze blocos oficiais, na noite de sábado (22), com a chuva dando uma trégua e a permanência de um clima ameno. Na passarela do samba, no entanto, a alegria dos passistas e o ritmo forte da bateria elevaram a temperatura, fazendo o público também dançar. Alguns blocos saíram com quase mil integrantes e a maioria homenageou personalidades locais, como o Cuiabano, ex-jogador do Corumbaense FC.

Blocos oficiais levaram para a avenida a alegria e irreverência do povo corumbaense. Foto: Renê Marcio Carneiro/PMC

Baile infantil

O carnaval corumbaense tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura, com a liberação de R$ 700 mil, distribuídos entre as escolas de samba, blocos e a prefeitura. O investimento total na folia pantaneira é de R$ 3,5 milhões, segundo a prefeitura, que estima um retorno financeiro para a cidade, com a movimentação da cadeia produtiva, de R$ 13 milhões. A rede hoteleira está lotada por foliões brasileiros e bolivianos.

O domingo de carnaval começa com roda de samba no Porto Geral, a partir do meio-dia – um atrativo para o turista entrar no samba e contemplar o casario tombado pelo patrimônio histórico e o Rio Paraguai. O encontro reúne ritmistas e puxadores de samba de todas as escolas de samba. Às 17h, a prefeitura promove o baile infantil, no Jardim da Independência. Na madrugada de segunda-feira, passa também pela avenida o bloco independente Biriguis.

Clube dos Cem, campeão do carnaval de 2019, encerrou o desfile de sábado em grande estilo. Foto: Renê Márcio Carneiro/PMC

O grande momento

A Major Gama, fundada em 1992, abre o desfile das escolas de samba com o samba-enredo “A Major Gama celebra El Aguerrido Pueblo Hermano Boliviano”, contando a história do país vizinho. De acordo com o presidente da escola, Salim Kalil Ribeiro Ruiz, a agremiação vai “levar o público à Bolívia mostrando a gastronomia, a cultura e as belezas naturais”. São 700 componentes, 12 alas e quatro carros alegóricos.

Vila Mamona é a última escola a desfilar neste domingo. Foto: Silvio de Andrade

Na sequência, entra na passarela do samba a Mocidade Independente da Nova Corumbá, vice-campeã em 2019. Uma das escolas mais novas, fundada em 1999, defenderá o samba enredo “Como é doce ser criança outra vez”, um convite para a população voltar a ser criança por meio da história de Peter Pan. Será composta por três carros alegóricos e três tripés, com cerca de 850 pessoas em 16 alas. Destaque para Carol Castelo, rainha da bateria.

Terceira escola a desfilar, a Acadêmicos do Pantanal vai contar a história do Oriente Médio, com o enredo “Sherazade e as 1001 noites”, com 600 componentes. Encerrando o primeiro dia, a campeoníssima Vila Mamona, fundada em 1981, entra na avenida com uma releitura do seu primeiro samba-enredo, “A Vila vem mostrar a Natureza”. São 1.000 integrantes, quatro carros alegóricos e 17 alas. No ano passado, a escola classificou-se em sexto lugar.

Texto: Sílvio de Andrade – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Deixe seu Comentário

Veja Também


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree