-->

Força integrada garante total segurança no carnaval de Corumbá

24 Fevereiro 2020
Policiais militares, com apoio da Guarda Municipal e segurança privada, monitoram a praça Generoso Ponce, ao lado dos camarotes - Foto: Sílvio de Andrade

Ação integrada entre as forças

policiais do Estado, Guarda Municipal e segurança privada está garantindo um dos carnavais mais tranquilos em Corumbá. Mais de 400 homens estão atuando em toda a cidade, mas prioritariamente no circuito do samba, que compreende a estrutura montada para os desfiles, na Avenida General Rondon, e a Praça Generoso Ponce.

Além de agentes da Polícia Civil e equipes do Corpo de Bombeiros, a secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública mantém, em média, 110 policiais militares em permanente patrulhamento, com o auxílio também da tropa de choque e de cavalaria. A Operação Carnaval inclui ainda a cidade vizinha de Ladário, com dez policiais e viaturas.

O comandante do 6º Batalhão da PM, tenente-coronel Massilon de Oliveira Silva Neto destacou o reforço de policiais enviado pelo Estado e a integração com as demais forças locais. “Colocamos barreiras para a revista de quem vai se deslocar para o circuito do carnaval, com policiais usando detectores de metais. Essas medidas são primordiais para evitarmos a presença de armas e objetos que possam ser utilizados de forma ilícita”, explicou.

Ocorrências

Essa troca de experiência entre os órgãos envolvidos possibilitou melhorar ainda mais o esquema de segurança no período carnavalesco, na avaliação do comandante. A Polícia Militar centralizou sua atuação na Praça Generoso Ponce, onde foi montado um palco para shows. A Guarda Municipal, com 60 agentes, e a segurança privada contratada pela prefeitura, om mais 200 homens, monitora a área de entorno do desfile das escolas de samba e blocos.

Os últimos relatórios da Polícia Militar apontam para um clima de normalidade entre os dias 21 a 23 de fevereiro, com ocorrências de menor gravidade, a maioria por brigas, embriagues e tráfico de drogas. Nos últimos quatro dias, 20 pessoas foram detidas. Durante o primeiro dia de desfile das escolas de samba, no domingo (23) 130 pessoas foram abordadas em Corumbá e Ladário.

Desfile: último dia

Cinco escolas de samba se apresentam na Avenida General Rondon, na noite desta segunda-feira (24). No domingo, desfilaram quatro agremiações: Major Gama, Mocidade da Nova Corumbá, Acadêmicos do Pantanal e Vila Mamona. O público lotou as arquibancadas e os camarotes. A programação se encerra na terça-feira, com o carnaval cultural.

A escola Imperatriz Corumbaense abre o desfile desta noite, vindo a seguir: Marquês de Sapucaí, A Pesada (campeã de 2019), Estação Primeira do Pantanal e Império do Morro. O regulamento da disputa estimulou em 70 minutos o tempo máximo para o desfile, que começa na rua Frei Mariano com 13 de Junho e passa por três quadras da Avenida General Rondon.

O carnaval corumbaense tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura, com a liberação de R$ 700 mil, distribuídos entre as escolas de samba, blocos e a prefeitura. O investimento total na folia pantaneira é de R$ 3,5 milhões, segundo a prefeitura, que estima um retorno financeiro para a cidade, com a movimentação da cadeia produtiva, de R$ 13 milhões.

Deixe seu Comentário

Veja Também

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree