-->

Representando MS, adolescente conquista quatro medalhas para o Brasil em Peru

26 Fevereiro 2020
Sammer Campos Abdallah - Foto: Divulgação/Assessoria

Teve sul-mato-grossense representando a seleção brasileira de natação nas águas do Centro Aquático La Videna, em Lima, no Peru. A capital do país

vizinho foi palco da segunda edição da Copa Uana de Natação (2020 UANA Swimming Cup), entre os dias 21 e 23 de fevereiro. O nadador Sammer Campos Abdallah, 15, de Campo Grande, conquistou quatro medalhas, sendo um ouro, duas pratas e um bronze.

Esta foi a primeira convocação de Abdallah pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), após um 2019 de inúmeros triunfos a nível estadual e nacional, sob o comando dos técnicos do Rádio Clube, Durval Barbosa Filho e José Gehilson da Silva.

Em Lima, o sul-mato-grossense atuou na categoria etária de 13-14 anos, por ter feito aniversário recentemente, no dia 17 de fevereiro (a inscrição na competição já havia sido realizada). A medalha dourada foi alcançada nos 200 metros livre, com a marca de 1min59s09. Abdallah deixou para trás Nikoli Blackman (1min59s97), de Trinidad e Tobago, e o brasileiro Alan Camargo (2min00s63).

As duas prateadas vieram em provas de revezamento. Primeiro, no 4x50 metros livre masculino, em que o nadador de Mato Grosso do Sul atuou ao lado dos cariocas Vinicius Flintz e Alan Camargo, e do paranaense Vitor Pelissari. O grupo fechou com o tempo de 1min41s54. O ouro ficou com a Argentina (1min40s39) e o bronze com o México (1min42s01).

Posteriormente, Abdallah participou do revezamento 4x50 metros livre misto, com Vinicius Flintz (RJ), Beatriz Bezerra (PE) e Celine Bispo (BA). O quarteto terminou a disputa em 1min45s60, assegurando a segunda colocação. Com três centésimos de segundo a menos, as Bahamas (1min45s57) garantiram a dourada e a Argentina o bronze (1min45s95).

O jovem campo-grandense buscou ainda a condecoração de bronze nos 100 metros livre, com a marca de 55s24. O trindadense Nikoli Blackman levou o ouro, com 53s84, estabelecendo novo recorde na competição. Marvin Johnson, das Bahamas, foi prata (54s36).

Na capital peruana, a seleção brasileira esteve com 36 nadadores. Conforme a organização, a Copa recebeu 440 desportistas de 25 países e foi dividida entre atletas de 11 a 17 anos, em suas respectivas categorias.

Deixe seu Comentário

Veja Também


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree