-->

Pai do prefeito de Nioaque desrespeita decreto do próprio filho

27 Março 2020
Local mantinha funcionamento mesmo após o decreto - Reprodução

Após receber denúncia, a promotora de Justiça de Nioaque, Mariana Sleiman Gomes, juntamente com a polícia foi fiscalizar o estabelecimento

Restaurante Tuiuiú, situado na BR 060, que permanecia aberto, mesmo após o decreto do prefeito de Nioaque que determinou o fechamento dos estabelecimentos durante o período de pandemia do coronavírus. O mais curioso é que o restaurante pertence ao pai do prefeito de Nioaque, Valdir Couto de Souza Júnior.

A denúncia informava que o restaurante permanecia aberto, vendendo bebidas e fornecendo refeições, mesmo na hora do almoço, sendo que o decreto determinava que as vendas só podiam ocorrer em forma de delivery ou entrega a domicílio. De acordo com o boletim de ocorrência de infração de medida sanitária, as denúncias de irregularidades foram comprovadas pessoalmente pela promotora e equipe da Polícia que esteve no local. No restaurante os funcionários informaram que o funcionamento continuava normal desde o dia 24, mesmo após a publicação do decreto de suspensão de funcionamento destes estabelecimentos.

Como o proprietário Valdir Couto de Souza se encontrava fora da cidade, na fazenda no dia de ontem, ele foi autuado e como não está no municipio será intimado a comparecer a Justiça.

Deixe seu Comentário

Veja Também

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree