-->

Dívida bruta do governo geral sobe a 76,5% do PIB em fevereiro, diz BC

31 Março 2020
Com o aumento de despesas públicas em função da pandemia do novo coronavírus, a expectativa é de que a dívida bruta suba nos próximos meses no Brasil - Foto: Divulgação

A Dívida Bruta do Governo Geral fechou fevereiro aos R$ 5,611 trilhões, o que representa 76,5% do Produto Interno Bruto (PIB). O porcentual, divulgado nesta terça-feira, 31, pelo Banco Central, é maior que os 76,1% de janeiro. No melhor momento da série, em dezembro de 2013, a dívida bruta chegou a 51,5% do PIB.

Com o aumento de despesas públicas em função da pandemia do novo coronavírus, a expectativa é de que a dívida bruta suba nos próximos meses no Brasil. Este é um dos principais fatores de preocupação dos economistas do mercado financeiro.

A Dívida Bruta do Governo Geral - que abrange o governo federal, os governos estaduais e municipais, excluindo o Banco Central e as empresas estatais - é uma das principais referências para avaliação, por parte das agências globais de rating, da capacidade de solvência do País. Na prática, quanto maior a dívida, maior o risco de calote por parte do Brasil.

O BC informou ainda que a Dívida Líquida do Setor Público (DLSP) passou de 54,1% para 53,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em fevereiro de 2020. A DLSP atingiu R$ 3,923 trilhões.

Deixe seu Comentário

Veja Também

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree