-->

Governo revoga nomeação de capitão da PM para Secretaria ligada à Cultura

16 Setembro 2020
André é apoiador de Jair Bolsonaro, defensor de Carlos Bolsonaro e entusiasta da gestão do secretário Mário Frias - (Foto: Reprodução Facebook)

Nomeado no dia 7 de

agosto, o capitão da Polícia Militar da Bahia André Porciuncula Alay Esteves não é mais o secretário da Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura. Em portaria publicada no Diário Oficial da União nesta quarta-feira, 16, o ministro chefe da Casa Civil Braga Netto tornou sem efeito a nomeação do profissional nascido em 1985, apoiador de Jair Bolsonaro, defensor de Carlos Bolsonaro e entusiasta da gestão do secretário Mário Frias.

Na mesma edição do Diário Oficial, a dentista Edianne Paulo de Abreu, candidata a deputada federal pelo PSL em 2018, foi nomeada para o cargo de coordenadora geral do Centro Técnico do Audiovisual, do Departamento de Políticas Audiovisuais. E Jéssyca Hellen Ferreira Paulino Fernandes vai exercer a função comissionada de coordenadora da Coordenação-Geral de Inovação e Infraestrutura Audiovisual, do Departamento de Políticas Audiovisuais. Formada em Letras, ela já atuava no órgão.

Banner Whatsapp Desktop

Deixe seu Comentário

Veja Também

Mais Lidas

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree