-->

Faculdade suspende aulas em Governador Valadares após morte de universitário que estava em ônibus que tombou na BR-259

19 Novembro 2019

Sandro Correia Damasceno Moreira, de 22 anos, morreu nesta segunda-feira (18); faculdade suspendeu aulas nesta terça-feira (19), outras entidades também lamentaram morte. Estudante de direito Sandro Correia morreu após
ônibus tombar na BR-259, em Serro Reprodução/Instagram Após a morte do universitário Sandro Correia Damasceno Moreira, de 22 anos, vítima do tombamento de ônibus na BR-259, a faculdade particular onde o jovem estudava suspendeu as aulas nesta terça-feira (19). “Apresentamos à família, amigos e a toda a comunidade acadêmica da Fadivale, nossos sentimentos nesse momento de dor aguda” diz a nota de pesar emitida pela instituição na noite desta segunda-feira (18). 'Estava descontrolado descendo a ladeira', conta estudante que estava em ônibus que tombou na BR-259, em Serro Aluno do 8º período de direito, Sandro era um dos 51 ocupantes de um ônibus que saiu de Montes Claros com destino a Governador Valadares. Ele fazia parte de um grupo de estudantes que viajou para o Norte de Minas para participar do evento esportivo Jogos Jurídicos Mineiros, realizado no último fim de semana. O grupo retornava para o Leste de Minas quando o acidente ocorreu na região central do estado. A organização do evento esportivo e a OAB Jovem de Governador Valadares também emitiram nota de pesar lamentando a morte do estudante. Ainda não há informações sobre o velório e enterro de Sandro Correia. Corpo de Bombeiros fez resgates no Serro Corpo de Bombeiros/Divulgação O acidente O ônibus com 51 ocupantes tombou na manhã desta segunda-feira (18) na BR-259, próximo a Serro, em trecho conhecido como Morro do Paiol. Um dos passageiros, o estudante Pedro Paulo Nunes, relatou ao G1 que o motorista perdeu o freio do veículo e fez manobra para tombar e evitar tragédia maior. “A gente tava descendo a serra, o motorista estava fazendo a curva invadindo a contramão porque ele perdeu o freio do ônibus, ou seja, estava descontrolado descendo a ladeira. Aí ele fez aquelas curvas pra tentar não deslizar e não cair no precipício que tinha logo a frente. Não foi culpa dele”, contou o universitário. De acordo com informações da Polícia Militar, tiveram ferimentos graves; uma deles era o universitário que morreu horas depois. Ainda segundo a PM, outros 40 passageiros tiveram ferimentos leves ou reclamaram algum tipo de dor. Eles foram encaminhados para o Hospital Casa de Caridade Santa Tereza, no Serro. Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree