-->

Moradores de Muzambinho fazem limpeza após chuva alagar ruas

06 Dezembro 2019

Enxurrada entrou em comércios, que nesta sexta-feira nem conseguiram abrir por conta dos prejuízos. Moradores de Muzambinho fazem limpeza após chuva alagar ruasMoradores de Muzambinho (MG) passaram o dia
limpando a sujeira deixada pela chuva que caiu no município na tarde desta quinta-feira (5). Uma hora e meia de chuva foi o suficiente para deixar as ruas do bairro Brejo Alegre debaixo d´água. A enxurrada entrou em comércios, que nesta sexta-feira nem conseguiram abrir por conta dos prejuízos. "E sem ninguém para ajudar, nós pelejando sozinhos, umas quatro pessoas só tentando limpar a boca do bueiro. Não tem condições. Foi preciso um guincho tirar a tampa pra nós", conta a comerciante Sônia Maria Ribeiro. Vários carros foram invadidos pela água e os donos tiveram prejuízos. A água que o bueiro não escoou levou até o calçamento de uma rua embora. Deixou lama e muitas casas inundadas. "Tivemos que abrir a porta e a água entrou e foi parar lá na minha cozinha, foi assim uma coisa horrível, terrível. Coisa assim de imediato, é muito rápido", diz Eliane Mendes, que trabalha como auxiliar administrativo. Chuva causou transtornos em bairros de Muzambinho Reprodução / Redes Sociais A chuva trouxe problemas até no trevo de Muzambinho, que é de responsabilidade do Dnit. O trecho ficou alagado e uma van teve que ser guinchada. Equipes da prefeitura ajudam na limpeza. De acordo com o prefeito, os bairros prejudicados pela chuva têm construções irregulares. "Nós estamos com equipes onde um cidadão, lá no Jardim dos Imigrantes, por exemplo, fez um muro em cima da ponte. Hoje nós estamos removendo o muro para a água poder escoar mais rápido. Mas é uma região também onde as casas estão dentro da APP (área de proteção permanente). Então isso traz transtornos, porque as pessoas estão invadindo a água e não a água invadindo a casa das pessoas", afirma o prefeito Sérgio Cerávolo Paolielo (PSDB). "A minha casa foi financiada, então a minha casa tem 'Habite-se', tem alvará. Como que no dia, lá na prefeitura, eles não embargaram minha construção, falando que aqui era um terreno que não podia ser construído?", rebate Eliane. Ainda segundo o prefeito, como a obra no bairro Brejo Alegre não resolveu o problema, a prefeitura agora estuda fazer um canal que comporte toda a água que vem dos loteamentos da região. Chuva alagou ruas de Muzambinho Reprodução EPTV Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 141 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree