-->

Romeu Zema oficializa Ubá como 'Capital Estadual da Indústria Moveleira' durante Femur 2020

20 Janeiro 2020

Feira reúne 83 expositores do Polo Moveleiro composto por 22 cidades da região. O governador também falou sobre dívidas com as prefeituras mineiras. Romeu Zema durante oficialização na Femur
2020 em UbáReprodução/TV Integração O governador Romeu Zema (Novo) oficializou, na tarde desta segunda-feira (20), o município de Ubá como "Capital Estadual da Indústria Moveleira". A ação ocorreu durante a Feira de Móveis de Minas Gerais 2020 (Femur). Em entrevista à TV Integração, Zema ressaltou o Polo Moveleiro da cidade. "Enxergamos aqui um potencial enorme. Queremos que Minas venha ganhar mercado no Brasil e ser mais competitiva. Além de exportar muito mais móveis do que hoje", afirmou. Ubá recebe a maior feira de móveis do estado; presença de Zema é confirmada Nesta edição, a Femur reúne 83 expositores do Polo composto por 22 cidades da região. O evento ocorre até quinta-feira (23) e recebe lojistas do ramo moveleiro de todo o país. Na última edição, realizada em 2018, o local recebeu 12 mil visitantes e gerou mais de R$ 300 milhões em negócios. Dívida Romeu Zema durante entrevista coletiva em Ubá Reprodução/TV Integração Também durante a exposição, o governador Romeu Zema voltou a dar garantias de que vai pagar a dívida de repasses atrasados às prefeituras de Minas Gerais e regularizar o pagamento. "Somente agora em janeiro, fevereiro, e março, nós estamos pagando o que nós deixamos de repassar para os prefeitos em janeiro do ano passado. E a partir daí, estaremos pagando aquilo que foi tirado deles, nos anos de 2015 e 2016 e 2017", finalizou. Polo Moveleiro de Ubá O Polo Moveleiro de Ubá é considerado o maior de Minas Gerais e um dos principais do Brasil. Ele é formado pelos municípios de Ubá, Guidoval, Piraúba, Rio Pomba, Rodeiro, São Geraldo, Tocantins e Visconde do Rio Branco. O Polo conta com aproximadamente 300 empresas de móveis, o que gera cerca de 13 mil empregos diretos. A cidade de Ubá tem localização privilegiada na Zona da Mata, pois oferece fácil acesso a importantes mercados consumidores do país, como Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. O acesso à região pode ser feito por meio de rodovias estaduais e federais ou aéreo através do Aeroporto Regional Presidente Itamar Augusto Cautieiro Franco, conhecido popularmente como Aeroporto Regional da Zona da Mata. Durante visita a Ubá, Zema garante que pagará repasses às prefeituras de Minas

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 5390 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree