-->

Quase 150 mil eleitores têm um mês para cadastrar a biometria em Juiz de Fora

21 Janeiro 2020

Os atendimentos são oferecidos no Cartório Eleitoral, Câmara Municipal e Ônibus do TRE. Saiba como cadastrar. Cadastramento biométrico será realizado até o dia 21 de fevereiro em Juiz de
Fora Câmara Municipal de Juiz de Fora/Divulgação Faltando um mês para acabar o prazo para o cadastramento biométrico em Juiz de Fora, 148.679 eleitores ainda não regularizaram a situação com a Justiça Eleitoral no município. Até a atualização registrada ma madrugada desta terça-feira (21) no site do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), dos dos 403.100 eleitores da cidade, 254.761 realizaram a biometria, o que corresponde a 63,15%. De acordo a chefe de cartório, Vilma Sinnott, o número é expressivo, já que a população precisa realizar o cadastro até o dia 21 de fevereiro. "É muito grande. Porque não são trinta dias na verdade, se contar os dias úteis e os plantões. Dá entorno de 20 e poucos dias. Se for ver, daria sete mil eleitores por dia. Sendo que normalmente a gente faz uma média de 1,8 mil a 2 mil", analisou. Para atender a população, a Justiça Eleitoral tem realizado plantões. Neste sábado (25), os eleitores que ainda não realizaram a biometria, podem comparecer das 9h às 15h, na Câmara Municipal. Os atendimentos são realizados por ordem de chegada, agendados pelo site ou pelo Disque-Eleitor (148). Durante a semana, os atendimentos no ônibus do TRE-MG, no Shopping Jardim Norte, e no cartório são realizados de segunda a sexta-feira, de 10h às 18h, até o dia 31 de janeiro. No cartório, das 10h às 18h, de segunda a sexta-feira. Já na Câmara, o atendimento é de segunda a quinta-feira, das 12h às 18h, e nas sextas-feiras, das 10h às 17h. Leia mais: Mais de 800 eleitores comparecem ao plantão para cadastramento biométrico em Juiz de Fora Juiz de Fora registra longas filas de eleitores para cadastramento biométrico Se eu não fizer a biometria? Conforme o TRE-MG, se o eleitor não realizar a biometria até o prazo, ele terá o título cancelado e não poderá votar enquanto não regularizar a situação com a Justiça Eleitoral. Para fazer a regularização, ele comparecer ao cartório ou posto de atendimento do município e levar um documento oficial de identidade e comprovante de endereço. Como fazer o cadastramento? O atendimento pode ser feito por ordem de chegada, agendado no site do TRE ou pelo Disque-Eleitor (148). O eleitor deve comparecer aos locais de atendimento com documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. São aceitos como documentos a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. Não são admitidos carteira de habilitação e o novo passaporte. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 6643 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree