-->

Ligações ao Disque Denúncia 181 diminuem em 2019 em Uberlândia, Uberaba e Araxá

24 Janeiro 2020

Segundo Sejusp, tráfico de drogas e maus-tratos a animais lideram os reclames. Veja balanço dos últimos quatro anos nas três cidades e saiba como funciona o 181. Serviço do
Disque Denúncia 181 tem 12 anos em Minas Gerais; tráfico de drogas lidera ligaçõesGil Leonardi/ Estado de MG O serviço de Disque Denúncia 181 registrou redução na demanda de ligações em 2019 na comparação com 2018 em Uberlândia, Uberaba e Araxá. Veja também números dos anos anteriores. As informações são da Secretaria de Estado de Justiça de Segurança Pública (Sejusp) de Minas Gerais. Segundo levantamento, tráfico de drogas e maus-tratos a animais lideraram o teor das denúncias nas três cidades, seguidos de jogos de azar e situações com armas de fogo. Entre os casos registrados, o G1 divulgou em novembro, por exemplo, que em Uberaba, após uma égua dar à luz em uma praça, um carroceiro foi denunciado e conduzido por suspeita de maus-tratos. O filhote morreu. Já em Uberlândia, após denúncia anônima, um homem foi preso com duas armas de fogo e munição. E ainda um homem teve a arma apreendida depois de ameaçar a esposa dentro de casa. Em uma rodovia que corta a cidade, depois de receber ligação de denúncia, a polícia flagrou um caminhão acidentado que estava carregado com mais de 500 kg de cocaína. Quatro pessoas foram presas. Em Araxá, dois adolescentes foram detidos com drogas em duas ocorrências diferentes. A Polícia Militar chegou até eles depois de denúncias. Crack e maconha foram apreendidos. Quantidade de denúncias Conforme a Sejusp, Uberlândia teve 3.464 denúncias feitas via este sistema em 2019, diante de 3.602 de 2018. Veja anos anteriores: 2015 - 3.380 2016 - 3.354 2017 - 3.986 Em Uberaba, o número fechado em 2019 foi de 887 ligações. Em 2018, foram 1042 contatos telefônicos registrados. 2015 - 1.277 2016 - 1.205 2017 - 1.147 Em Araxá, 273 denúncias passaram pelo 181 no ano passado, frente 348 do ano anterior. 2015 - 303 2016 - 270 2017 - 324 12 anos de 181 Em 12 anos de serviço, Uberlândia registrou 36.700 denúncias de diversos crimes. Apesar de uma pequena queda ao longo dos últimos anos, a cidade segue como uma das que mais usa o serviço desde 2008. Uberlândia é a 4ª cidade de MG que mais utiliza o Disque Denúncia 181 Tráfico de drogas Dados da Sejusp apontaram que o tráfico de drogas lidera o ranking da maior natureza criminal denunciada pela população em Minas Gerais. De 2008 até setembro deste ano, foram realizadas 533.259 chamadas telefônicas. Uso do 181 Segundo a Sejusp, a população pode utilizar o serviço para informar diversos tipos de crimes, dentre eles: tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo, roubos de carros, fiscalização de edificações comerciais entre outros. É também possível dar informações sobre foragidos da Justiça. A ligação é gratuita e anônima. Todas as denúncias são encaminhadas para analistas da Polícia Militar (PM), Polícia Civil ou Corpo de Bombeiros, que repassam para as unidades operacionais atuarem na investigação. As denúncias são respondidas para a população em até 90 dias, dependendo da complexidade da situação. Em casos de flagrante ou urgência, a população deve entrar em contato direto com PM (190), Polícia Civil (197) e Corpo de Bombeiros (193). Corrupção A novidade é que, desde 12 de novembro de 2019, o número também passou a receber informações sobre casos de corrupção no serviço público.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree