-->

Novo decreto libera realização de feiras livres em Poços de Caldas

01 Abril 2020

Prefeitura impôs condições para que quatro feiras possam ocorrem, em dias diferentes, na cidade. Medida passa a valer no sábado (4). Prefeitura de Poços de Caldas (MG) libera a
realização de quatro feiras livres na cidade Divulgação/Prefeitura de Poços de Caldas A Prefeitura de Poços de Caldas (MG) publicou decreto nesta quarta-feira (1º) que libera a realização de quatro feiras livres na cidade. A medida passa a valer no sábado (4) e condições foram impostas para que as feiras possam ocorrer. Cada uma das feiras ocorrerá em um local da cidade e em dias diferentes. Tudo isso visa, de acordo com a administração municipal, o abastecimento de cada região em que elas vão ocorrer. Feiras liberadas: Centro: Mercado (sábados); Zona Leste: Nova Aurora (domingos); Zona Oeste: Vila Cruz (terças-feiras); Zona Sul: COHAB (sextas-feiras). Regras de funcionamento Para a realização dessas feiras, a prefeitura impôs série de regras a serem cumpridas pelos expositores. Uma delas é a de que não pode haver consumo no local, a qual já vale, neste momento de pandemia do novo coronavírus, para supermercados, mercearias, mercado, padaria e restaurantes. Segundo a administração municipal, as feiras serão para a comercialização exclusiva de hortifrutigranjeiros e cada feirante terá como obrigação o uso de máscara de proteção individual durante todo o período da feira, com substituição a cada duas horas, e higienização frequente das mãos com álcool em gel 70%. Os feirantes têm permissão para montagem das barracas a partir das 4h, com acesso ao público e funcionamento liberados das 6h às 12h. O espaçamento mínimo entre elas precisa ser de três metros. Fica proibida a participação de feirantes e funcionários que tenham doenças crônicas e/ou idade igual ou superior a 60 anos. Para os consumidores, a proibição é a de encostar em qualquer produto exposto para comercialização, os quais deverão ser disponibilizados, preferencialmente, embalados para evitar a contaminação. O consumidor deve realizar inspeção visual das mercadorias e solicitar ao feirante que colete, embale (se necessário) e entregue os produtos escolhidos. A Secretaria Municipal de Serviços Públicos ficará com a responsabilidade da limpeza, higienização e desinfecção dos locais onde serão realizadas as feiras. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree