-->

Dois bares são interditados, 21 estabelecimentos e quadra de esportes notificados em Juiz de Fora

29 Junho 2020

Os locais fechados foram nos bairros Benfica e Francisco Bernardino, por descumprimento de medidas de prevenção ao coronavírus. Bar foi interditado durante fiscalização no Bairro Benfica, em Juiz
de Fora Prefeitura/Divulgação Mais dois bares foram interditados na Zona Norte no final de semana durante operações de fiscalização em Juiz de Fora. Além disso, outros 21 estabelecimentos e uma quadra de esportes foram notificados por descumprimento do decreto que determina as normas de prevenção ao coronavírus. De acordo com a Prefeitura, o primeiro bar foi fechado pelos fiscais de posturas da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) na manhã de sábado (27) na Rua Martins Barbosa, no Bairro Benfica, e o outro Avenida Juscelino Kubitschek, no Francisco Bernardino. O primeiro estabelecimento foi flagrado durante ação do comboio “Da Vida, Pela Vida”. O estabelecimento mantinha a porta entreaberta, mas autorizava os clientes a entrarem para consumo no local. O segundo foi interditado durante operação especial noturna. Entre quinta-feira (25) e domingo (28), foram 92 estabelecimentos vistoriados. Com as ações do último final de semana, a Semaur totaliza 18 interdições realizadas desde o início da pandemia do coronavírus na cidade. As denúncias de bares ou estabelecimentos comerciais funcionando irregularmente podem ser realizadas por meio do telefone 153, da Guarda Municipal, atendendo 24 horas, ou pelo (32) 3690-7507, de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e de 14h às 18h Quadra notificada Além dos bares, a equipe de fiscalização flagrou também uma quadra de areia particular, na Rua Guararapes, no Bairro Benfica, em funcionamento. Na ação, os fiscais de posturas e guardas municipais identificaram diversas pessoas sem máscaras, jogando bola e até mesmo consumindo bebidas alcoólicas, comercializada pelo bar do próprio estabelecimento. O proprietário foi notificado sobre a proibição das atividades e o espaço deve permanecer fechado enquanto vigorar o decreto de enfrentamento à situação de emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus na cidade. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree