-->

Casados há 74 anos, 'seu Henrique' ajuda 'dona Maria' a superar Covid-19 em MG

14 Setembro 2020

Em Ibituira de Minas, ‘Dona Maria’ se contaminou pelo novo coronavírus e contou com o apoio de ‘seu Henrique, que não foi infectado, para superar a doença. Casal
unido há 74 anos vence a Covid-19 em Ibitiura de Minas O ‘seu Henrique’ e a ‘Dona Maria’ completaram no inicio deste mês Bodas de Macieira, o que representa 74 anos juntos. Eles já enfrentaram vários desafios, sendo que o mais recente deles foi em agosto: a Covid-19. Maria Benedito Gregório, de 94 anos, contraiu a doença. Foi preciso apoio de toda família e principalmente do companheirismo do marido, Henrique Gregório, de 97 anos. Ele ficou o tempo todo do lado dela e a ajudou a passar por esse momento. E ele não contraiu a doença. ‘Seu Henrique’ diz saber o motivo de a esposa ter se curou e ele sequer ficou doente. “Foi Deus”, garante ele, que destaca que também está sempre cuidando dela. 'Seu Henrique' ficou ao lado de 'dona Maria' para que ela se curasse da Covid-19 em Ibitiura de Minas (MG) Erlei Peixoto/EPTV A neta Victoria Bernardo Gregório conta que o pai dela, que é filho do casal, foi o primeiro a apresentar sintomas na famílias. Ela destaca que quando fizeram os testes, vários integrantes da família testaram positivo. “A grande surpresa para nós foi o teste da minha avó, ele detectou anticorpos produzidos na fase final da doença, segundo a Secretaria de Saúde de Ibituira de Minas há mais de 14 dias. Ela se curou sozinha, sem medicamentos durante a fase ativa e só entramos com medicação após o descobrimento do seu teste positivo e após a fase ativa”, disse a estudante. Depois do susto, Victoria, que também se contaminou e já está curada, fica aliviada ao ver os avós bens de saúde. “Fico muito feliz de na minha avó ter se manifestado tão leve, mais leve do que em mim”, falou. Maria às vezes ainda precisa de um aparelho pra auxiliar na respiração. O tratamento é todo feito em casa, sempre com Henrique ao lado. “Não deixou ela nenhum minuto sozinha e, a noite, a todo momento ele nunca se afastou dela”, disse a professora Sueli de Cássia Bernardo, que é nora de Maria e Henrique. Depois de vencer a Covid-19, dona Maria pode comemorar os 74 com Henrique. A festa, só com a família, foi no final de semana. “Atribui tudo isso a Deus, porque os dois sempre foram pessoas de muita fé, [assim como] nossa família toda. Ela, toda noite, nesses últimos dias não, ela vai até a porta e agradece a Duas pelo dia e pede a proteção para o dia seguinte para todos os filhos, genros e noras”, salientou Sueli. Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree