-->

Prefeito de Ubaporanga irá a júri popular por tentativa de homicídio contra vereador

15 Setembro 2020

O prefeito foi preso em maio deste ano e permanecerá até o julgamento, que ainda não tem data marcada. Prefeito de Ubaporanga, Gilmar de Assis Rodrigues (Cidadania)Prefeitura/Divulgação O prefeito
de Ubaporanga (MG), Gilmar de Assis Rodrigues (Cidadania), irá a julgamento popular após ser preso suspeito de tentativa de homicídio com o presidente da Câmara Municipal, Jorge Siqueira de Rezende (PV). A decisão foi publicada este mês pelo Juiz de Direito Cleiton Luis Chiodi, da 3ª Vara Criminal e do Tribunal do Júri da Comarca de Caratinga (MG). Ainda segundo o Juiz, o prefeito permanecerá preso até o julgamento, que ainda não tem data marcada. Gilmar foi preso em maio deste ano pela Polícia Civil. Um Juiz de Direito havia determinado uma medida de isolamento entre suspeito e vítima, porém o Ministério Público entrou com o pedido de prisão preventiva. Em nota, a defesa do prefeito disse que foi injusta a decisão do Juiz, já que, segundo o advogado, não há indícios de crime contra a vida. "A defesa considera que inquérito policial foi conduzido com parcialidade e faz um alerta para o risco de um grupo político vir a se aproveitar da situação para obter vantagem nas eleições vindouras", afirmou. Por fim, a defesa disse que irá recorrer da decisão. O crime Vídeo mostra veículo batendo no carro do presidente da Câmara de Ubaporanga De acordo com a Polícia Civil, o prefeito perseguiu o presidente da Câmara e atirado contra ele por desavenças políticas. Segundo o delegado responsável pelo caso, Luiz Eduardo Gomes, o vereador estava em um carro e passou próximo a um bar, quando o prefeito entrou em um outro veículo dando início à perseguição. Imagens de um circuito de segurança mostraram que em um momento da perseguição, o vereador reduziu a velocidade para tentar entrar em uma rua, porém o veículo em que o prefeito estava bate na traseira do carro do presidente da câmara. Um terceiro carro aparece nas imagens seguindo os outros dois veículos. De acordo com o delegado, ele pertence aos irmãos do prefeito. “Os três veículos atravessaram a cidade de Ubaporanga sentido à BR-116, e próximo a uma fazenda o prefeito Gilmar efetua disparos contra o vereador Jorginho”, explicou. O delegado informou que no local foram recolhidos dois estojos de munição de calibre 9mm. A arma, que estava com a numeração raspada, foi apreendida. Veja mais notícias da região em G1 Vales de Minas Gerais.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree