Imprimir esta página
-->

Audiência pública debate o sistema de tarifa elétrica no Pará

15 Novembro 2019

Debate ocorreu na Alepa. Parlamentares apuram casos em que a concessionária emite cobrança sem leitura do marcador, ponderando uma média de consumo dos últimos meses

O debate do

sistema tarifário de energia elétrica foi o tema da audiência pública realizada na quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa do Pará, em Belém.

Os parlamentares apuram casos em que a concessionária emite cobrança sem leitura do marcador, ponderando uma média de consumo dos últimos meses; também a interrupção indiscriminada do fornecimento de energia elétrica pela concessionária imposta aos consumidores do Estado do Pará, surpreendendo os consumidores com valores desconhecidos imputados em suas faturas de consumo e assim comprometendo, como usual, a renda familiar, já que na maioria dos casos são eles cobrados com a garantia especial decorrente do poder de corte administrativo pelo inadimplemento.

Audiência pública debate o sistema de tarifa elétrica no Pará Audiência pública debate o sistema de tarifa elétrica no Pará
Ascom/Alepa

Os representantes da concessionária de energia falaram sobre o trabalho desenvolvido no Estado e o que está sendo feito para prestar um serviço de qualidade. A defensoria pública e o ministério público disseram que ações estão tomadas para exigir um serviço de qualidade por parte da concessionária.

Representantes do sindicato dos urbanitários e de associações de consumidores estiveram presentes na sessão. “Sabemos que a Aneel é o órgão que define as tarifas de uso dos sistemas de transmissão e distribuição, mas essas discussões na Alepa somam esforços para garantir o melhor para nós como consumidores. Tenho a certeza que se unirmos nossas forças conseguiremos nossos objetivos” falou Wladimir Gomes, representante do Movimento Popular Unificado de Belém.

“Estamos analisando não só a Celpa, mas a Aneel. Temos que verificar o que está acontecendo, há um estudo com intuito de saber o motivo da tarifa de energia elétrica no Pará ser tão alta, não será aleatório o trabalho dentro da comissão”, disse a deputada Renilce Nicodemos, que é presidente da Comissão de Estudos sobre o Sistema Tarifário de Energia Elétrica do Estado do Pará.

Os deputados vão continuar os estudos para viabilização de um sistema tarifário justo e uma das alternativas a nível estadual é baixar a alíquota do ICMS para diminuir os valores da tarifa.

Por G1 PA — Belém

14/11/2019 16h54

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e/ou e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diageo e Grupo Heineken abrem seleção para estágio; veja como participar

Curtir isso:

CurtirCarregando...

Relacionado


Em breve novidade aqui!!!
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree