-->

Pará é responsável por quase 40% da área desmatada na Amazônia, aponta Inpe

18 Novembro 2019

Redução no desmatamento, como este na Amazônia, é uma das medidas urgentes indicadas pelos cientistas — (Foto: Getty Images via BBC)

Dados se referem ao desmatamento registrado entre

agosto de 2018 e julho de 2019. Estado é recordista em área degradada

O Pará foi o estado recordista de desmatamento na Amazônia, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). De acordo com dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), o estado registrou 3.862 km² de área desmatada entre os meses de agosto de 2018 a julho de 2019. Ainda segundo com o Inpe, esse número equivale a 39,56% da área desmatada em toda a região amazônica.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira (18) durante uma coletiva do Inpe, em São Paulo. De acordo com o instituto, foi registrado desmatamento em 9.762 km² de floresta entre os meses de agosto de 2018 e julho de 2019. De acordo com o Prodes, isso significa um aumento de 29,5% em relação ao período equivalente do ano anterior.

Gráfico com série histórica de desmatamento apresentado em coletiva de imprensa no Inpe durante o lançamento dos dados do Prodes nesta segunda (18) — Foto: Poliana Casemiro/G1

Os dados foram divulgados durante um encontro na cidade de São José dos Campos (SP) e teve a presença dos ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, além do diretor do Inpe, Darcton Damião.

De acordo com o Inpe, o sistema tem como intervalo de tempo de análise os meses de agosto a julho porque ele abrange tanto as épocas de chuva quanto as de seca na região amazônica. Desse modo, envolve os momentos mais cruciais no “ciclo do desmatamento” e é capaz de identificar eventuais influências do clima. O desmatamento costuma ser seguido de queimadas.

Entenda as diferenças entre os sistemas que monitoram o desmatamento na Amazônia

A tendência de aumento no desmatamento já vinha sendo indicada por outro sistema do Inpe, o Deter, que emite os alertas de desmatamento. Realizado desde 1988, o levantamento do Prodes é considerado o mais preciso para medir as taxas anuais de desmatamento no Brasil.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e/ou e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Curtir isso:

CurtirCarregando...

Relacionado


Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 1691 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree