-->

XINGUARA: Vereadores vão julgar contas do ex-prefeito Davi Passos com parecer do TCM e MPPA contrário à aprovação

05 Dezembro 2019
O vereador Leandro Gomes é presidente da Comissão de Finanças e Orçamento e também relator nomeado para analisar as contas

A Câmara de Vereadores de Xinguara oficializou para o próximo dia 20

a realização da sessão de julgamento das contas da prefeitura municipal de Xinguara referente a 2010 e 2011 de responsabilidade do ex-prefeito Davi Passos (PT). Os 13 vereadores vão votar as contas tendo em suas mãos relatórios do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e do Ministério Público Estadual do Pará (MPPA) apontando irregularidades, e parecer pela não aprovação das referidas contas.
Davi Passos foi prefeito de Xinguara no período de 2005 a 2012 e é cotado como um nome em potencial para disputar a eleição do ano que vem, mas em uma possível reprovação de suas contas ele estará fora do páreo. O vereador Leandro Gomes (PSDB), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento e também relator nomeado para analisar as contas, disse que, consta nos autos que nos dois anos o então prefeito Atil, autorizou quase R$ 6 milhões em compras sem licitações, além de gastar com o funcionalismo acima do valor permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
O vereador disse que o ex-prefeito tem até o dia 10 próximo para enviar à câmara a sua defesa. “Estamos esperando a defesa de Davi, se ela for plausível nós temos números para aprovar, mas se não for, vamos pedir a prisão dele e o bloqueio de bens do mesmo”, disse o vereador. Nos bastidores verificamos que nove, dos 13 vereadores são favoráveis à aprovação das contas, mesmo tendo o parecer do TCM e MPPA indicando a reprovação.
PEQUISA: Nossa reportagem levantou que já existe manifestação contrária à aprovação das contas de Davi, por parte dos vereadores: José Rosa (PSD), Cleomar da Vale (PSC), Amilton Cunha (PSC). Os demais vereadores podem ser tendenciosos a aprovação das contas com parecer contrário das instancias técnicas, que são eles: Leandro Gomes (PSDB), Jacó (PP), Vilmar (PSD), Edelton Régio (PDT), Olair Reis (PSB), Raimundo Amâncio (PSDB), Adair Marinho (PDT), Ebia Costa (PSB) e Roberto da Yamaha (PR).
Nossa reportagem tentou ouvir o ex-prefeito Davi Passos, mas ele não foi localizado.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree