-->

Banco Central autoriza testes de pagamentos pelo WhatsApp

06 Agosto 2020
O serviço se propõe a funcionar como uma carteira digital, permitindo que usuários façam pagamentos e transfiram valores entre outras contas.

O Banco Central autorizou as operadoras das bandeiras Mastercard e Visa

para o início da fase de testes do WhatsApp Pay, serviço para transacionar pagamentos dentro do app de mensagens.

De acordo com o comunicado da Mastercard à agência de notícias, a autarquia liberou o uso da ferramenta dentro de um ambiente de testes, com um grupo limitado de cartões e transações de baixo valor.

Fernando Telles, presidente da Visa no Brasil, disse que a autorização foi emitida em 28 de julho e que está relacionada a um pedido feito pela própria empresa, para incluir outros agentes de serviços dentro da plataforma.

Lançado no dia 15 de junho, o serviço se propõe a funcionar como uma carteira digital, permitindo que usuários façam pagamentos e transfiram valores entre outras contas. Na época, Banco do Brasil, Nubank, Sicredi e Woop liberaram seus cartões para realizar transferências em pagamentos dentro da plataforma, sendo que empresas poderiam utilizar a Cielo para processar pagamentos a uma taxa de 3,99%.

Uma semana após o lançamento, o Banco Central interrompeu o funcionamento do serviço para avaliar se a ferramenta poderia afetar os negócios do Brasil.

Nesta semana, os executivos do Facebook irão se reunir com a autarquia para discutir mais detalhes sobre uma possível implementação da ferramenta.

Nada definido, segundo Banco Central

Nesta segunda-feira (3) o Banco Central emitiu uma nota esclarecendo que “os testes não fazem parte do processo formal de análise do pedido das empresas para operar a referida solução de pagamentos, o qual continua sendo analisado conforme os procedimentos e prazos-padrão utilizados com outros pleitos”.

Enquanto, no caso da Visa, o Banco Central informou que não há impedimentos parar a realização de testes, o órgão informou que ainda não recebeu o mesmo pedido da Mastercard, porém também seguiria com a mesma tratativa de autorização.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree