-->

Grávida suspeita de tráfico é filmada pela polícia trocando crack por latas de leite em pó, em Curitiba

19 Novembro 2019

Imagens feitas pela Polícia Civil mostram suspeitos negociando drogas no Centro da cidade. 13 pessoas foram presas durante operação. Grávida suspeita de tráfico é flagrada trocando crack por
latas de leite em pó A Polícia Civil prendeu 13 pessoas em uma operação realizada contra o tráfico de drogas no Centro de Curitiba na noite desta segunda-feira (18). Entre elas, uma grávida que foi filmada pela polícia durante as investigações trocando crack por latas de leite em pó. Assista ao vídeo acima. Os policiais montaram um ponto de observação por cerca de dois meses no local para investigar o caso e identificar os suspeitos. As imagens foram cedidas com exclusividade para a RPC. A operação contou com o apoio da Guarda Municipal de Curitiba. De acordo com a polícia, os suspeitos presos traficavam drogas na região da Rua Nestor de Castro, no Centro. Além da entrega das pedras de crack para os usuários, as imagens também mostram os investigados guardando droga na boca para não serem pegos pela polícia. Operação prende 13 pessoas por tráfico de drogas no centro de Curitiba Investigação As investigações começaram após a polícia receber várias denúncias anônimas sobre o tráfico de drogas no local. Segundo a polícia, o tráfico no local era gerenciado por Evelin Frediani, uma das suspeitas presas durante a operação. De acordo com a polícia, Evelin Frediani é acusada de comandar o tráfico na região Reprodução/RPC De acordo com as investigações, ela é namorada de Cleiton Telles, que, segundo a polícia, comandaria as ações do grupo de dentro da prisão. A grávida flagrada pelas imagens da polícia é Emanuele Garrett. Segundo a polícia, ela também trocava pedras de crack por fraldas. Ela e outros 13 suspeitos, segundo a polícia, trabalhavam na região para o casal. Mulher é flagrada trocando droga por latas de leite em pó, no Centro de Curitiba Reprodução/RPC "Essas mesmas pessoas já foram flagradas no mesmo ponto uma série de vezes, mas muitas vezes são enquadradas como usuárias ou na audiência de custódia saem por causa da baixa quantidade de drogas que elas carregam", afirmou o delegado Pedro Filipe Cruz Cardoso de Andrade. De acordo com a Polícia Civil, Evelin era monitorada por tornozeleira eletrônica e investigada por um furto cometido em 2017, mas ela tirou o aparelho quando desconfiou que poderia ser presa novamente. A Justiça expediu mandados de prisão contra 16 suspeitos. Três deles, no entanto, não foram presos e estão foragidos, segundo a polícia. O G1 tenta localizar a defesa de Evelin Frediani, Cleiton Telles e Emanuele Garrett. 13 pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas no Centro de Curitiba Helen Anacleto/RPC Imagens Os policiais fizeram imagens dos suspeitos ao longo de vários dias para se certificar que, na verdade, os investigados eram suspeitos de tráfico e não usuários de drogas. De acordo com a polícia, as filmagens mostram os suspeitos vendendo e escondendo drogas por vários dias seguidos ao longo das investigações. Em alguns casos, as imagens feitas pela polícia mostram os suspeitos ingerindo pedras de crack quando notam a aproximação de policiais ou guardas municipais, e depois vomitando a droga. Os vídeos também mostram os suspeitos guardando a droga dentro das roupas íntimas e em espaços nas estruturas metálicas dos pontos de ônibus da região. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 702 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree