-->

Igreja de Curitiba reúne 100 homens em coral e viraliza na internet: 'Ainda existem pessoas amantes da boa música', diz músico

10 Janeiro 2020

Vídeo do coral Curitiba Men's teve mais de um milhão de acessos. Assista ao vídeo. Igreja de Curitiba forma coral gospel com 100 homens, e vídeo viraliza na
internet Eles postaram um vídeo na internet com a pretensão de conseguir mais ou menos uns 30 mil acessos, mas se surpreenderam com o resultado – um milhão de visualizações. E não foi à toa que fez tanto sucesso. A voz dos integrantes do coral gospel Curitiba Men's, reunidos, é de arrepiar. Assista ao vídeo. O vídeo foi postado em abril do ano passado no Youtube, quando o grupo era formado por 75 homens, e a música "Via Dolorosa" fala da crucificação de Jesus. Atualmente, o coral tem 100 vozes masculinas. "Foi apenas um dos clipes que nós fizemos. Não tínhamos pretensão de nada, mas ficamos muito felizes e surpresos por saber que muita gente viu, ouviu e entendeu a nossa palavra", disse o diretor administrativo do grupo Jonas Ribeiro. O coral faz parte de uma igreja adventista do sétimo dia da capital, mas os integrantes são de várias comunidades religiosas. Inspiração O aposentado Wilson Luiz da Silva, que é conhecido por todos os colegas como Black, tem 93 anos e se derreteu ao falar do orgulho que sente em participar do grupo. "Nós somos inspiração", declarou. Aos 93 anos, o aposentado Wilson conta que morre de orgulho de ser integrante do Curitiba Men's Arquivo pessoal Ele contou que desde criança sempre gostou de cantar e participar da igreja. "E esse grupo que nós montamos agora tem muitos irmãos, de muito tempo do trabalho e do dia a dia. Eu fico muito orgulhoso em fazer parte deste time", contou Black. O aposentado também disse que apesar dos 93 anos é muito ligado em tecnologia e ficou super feliz em saber que o vídeo teve mais de um milhão de acessos. "Isso significa que ainda existem pessoas amantes da boa música. As músicas de hoje perderam um pouco da essência do que era antigamente", destacou. Como surgiu o coral A ideia de formar um coral inteiramente masculino existia há pelo menos dez anos, mas o grupo só foi oficialmente lançado no dia 25 de agosto de 2018. Conforme Jonas Ribeiro, a dificuldade em formar o grupo sempre foi por conta de conseguir manter um ritmo de ensaio, entre outras questões. "Então, o projeto ficou na geladeira por alguns anos. Mas nós sempre acreditamos nele e decidimos fortalecer o grupo logo após a chegada do maestro Matheus Rizzo. Hoje nós estamos em 100 integrantes que vão desde adolescentes até 93 anos de várias comunidades religiosas", contou Jonas. Segundo ele, a minoria do grupo tem muita experiência em canto e são profissionais, mas a maioria participa realmente para aprender. "O que levamos em consideração mesmo é a força de vontade. Isso faz a diferença em qualquer lugar e em qualquer ocasião", destacou Ribeiro. Os ensaios são feitos duas vezes por mês e, por enquanto, o coral fez três apresentações fora da igreja. Jonas argumentou ainda que todas músicas são gospel e com um único objetivo de deixar clara a palavra de Deus, independentemente da religião. Assista abaixo ao clipe da música "Santa Noite". Coral 100% masculino Coral começou com poucos homens e atualmente tem 100 vozes masculinas Nahuana Cunha (NP Retratos) O administrador do coral explicou que a opção pela composição 100% masculina foi para, simplesmente, criar um diferencial. Segundo ele, no Brasil a maior parte dos grupos é formada por homens e mulheres. "Pra quem não conseguiu juntar em média 20 pessoas para fazer um ensaio, hoje nós estamos muito bem e temos espaço aberto para quem quiser fazer parte do coral. Todos os integrantes são muito disciplinados. E, agora, com toda essa repercussão do vídeo, já estamos recebendo muitos convites para cantar fora da igreja", comemorou. Jonas disse que as esposas dos homens que fazem parte do coral aprovaram a ideia. "Elas preferem que os homens saiam de casa mil vezes para cantar do que para jogar futebol, por exemplo", brincou. O diretor destacou que a opção não foi uma escolha machista ou algo do tipo. O maestro e diretor musical Matheus Rizzo tem 33 anos. Ele reforçou que a voz grave dos homens trouxe um impacto maior para o coral e que o grupo está animado para novos desafios. Antes de morar no Brasil, o maestro comandava um grupo de música nos Estados Unidos. "Estou muito feliz em fazer parte do Curitiba Men's e muito satisfeito pelo alcance que tivemos até agora", comemorou. Veja mais notícias no G1 Paraná.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 4309 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree