-->

Governo do Paraná bloqueia área de fronteira para evitar entrada de presos que fugiram de presídio no Paraguai

20 Janeiro 2020

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, ações de patrulhamento foram intensificadas, principalmente, na costa oeste, na tarde desta segunda-feira (20). Patrulhamento foi intensificado na fronteira de Foz do Iguaçu
e Cidade do Leste, no Paraguai José Fernando Ogura/AEN O governo do Paraná determinou o bloqueio das áreas de fronteira do estado, principalmente, da região oeste, a partir da tarde desta segunda-feira (20). O patrulhamento intensivo está sendo realizado nas rodovias, matas, rios e por meio aéreo. O objetivo é evitar entrada dos presos de uma facção brasileira que fugiram da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, na madrugada de domingo (19). De acordo com o governo do Paraná, os policiais militares e civis decidirão quem será abordado ou quem deverá se identificar ao entrar no Paraná. Conforme o governo ainda, os trabalhos foram reforçados, especialmente, nos batalhões da região oeste, em Foz do Iguaçu, Toledo, e da região sudoeste, em Pato Branco e Francisco Beltrão. Segundo o comando da Polícia Militar (PM), esses batalhões fazem a cobertura de cidades da região da fronteira com o Paraguai, a Argentina, e também com o Mato Grosso do Sul. BPFron realiza ações estratégicas nos rios das regiões de fronteira do estado José Fernando Ogura/AEN O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) informou ainda que o patrulhamento aquático será realizado de forma estratégica, pois existem muitas possibilidades de fuga por meio de portos clandestinos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado, se um dos foragidos for preso no Paraná, ele será levado para um presídio federal de segurança máxima. A Polícia Civil destacou que também investiga pessoas que possam estar ligadas aos presos que fugiram do presídio no Paraguai. Segurança Para reforçar a segurança do estado, em apoio às policias estaduais, o Ministério da Justiça e Segurança Pública também reforçou o trabalho de patrulhamento na fronteira do Paraná. Na tarde desta segunda-feira (20), militares do Exército Brasileiro estiveram na Aduana de Foz do Iguaçu e Cidade do Leste, no Paraguai. O trabalho de abordagem foi intensificado por via terrestre com apoio do exército. Militares do Exército Brasileiro estiveram em ação na Aduana de Foz do Iguaçu, com o Paraguai Cassiano Rolim/RPC Em Cidade do Leste, no Paraguai, equipes do Exército Paraguaio estiveram na penitenciária da cidade com tanques blindados, na tarde desta segunda-feira (20). A segurança no local conta ainda com o auxilio da Marinha, segundo o Ministério de Justiça do país vizinho. Exército do Paraguai esteve no presídio de Cidade do Leste nesta segunda-feira (20) Cassiano Rolim/RPC Veja mais notícias da região no G1 Paraná.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 6458 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree