-->

Vacina sobre febre amarela. Saiba se você precisa tomar

20 Fevereiro 2020

Araucária quer atingir meta de 95% da população vacinada contra a febre amarela Araucária, na região de Curitiba, confirmou pela 1ª vez da circulação do vírus da febre amarela
na área rural. A morte de um macaco bugio pela doença alerta para a ameaça do mosquito infectado. A morte de outros macacos mortos está sendo investigada. Pessoas que moram na área rural ou frequentam a região (independente da idade) devem se dirigir a uma unidade básica de saúde para mais orientações sobre a vacina. Quem tem a vacina em dia não precisa se preocupar. Na região, municípios vizinhos como Lapa, Mandirituba e Balsa Nova já haviam confirmado mortes de macacos por causa do vírus da febre amarela. Os macacos são mais vulneráveis à febre amarela que os seres humanos. Eles têm um papel muito importante no combate à febre amarela. Onde há macaco é possível que os órgãos de saúde do município monitorem se há circulação do vírus da doença. Sem macacos, fica difícil saber se a área apresenta mosquitos infectados, bem como saber sobre o deslocamento do vírus da febre amarela. A vacina é o único meio eficaz de proteger o ser humano contra a febre amarela. A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) reforça a importância de que pessoas de 9 meses a 59 anos tenham recebido a vacina. A preocupação maior é com quem trabalha, estuda, passeia, pesca ou vai a eventos na área rural, mesmo que esporadicamente. No caso das crianças, a vacina contra a febre amarela já está prevista no calendário (em duas doses). Quem não tem a dose ou não sabe se tomou deve buscar orientação na unidade básica de saúde. Todas as unidades básicas de saúde de Araucária contam com vacinação contra a febre amarela de segunda a sexta-feira. Todo o Estado do Paraná está em área com recomendação de vacinação contra a febre amarela. Os profissionais de saúde podem esclarecer quaisquer dúvidas sobre quem pode ou não ser vacinado. Na área rural, equipes de saúde estão indo de casa em casa para verificar a situação vacinal dos moradores. Caso haja necessidade, a vacina é fornecida na hora. Após a vacinação, o organismo leva 10 dias para criar os anticorpos que garantem a proteção. Febre de início súbito (maior que 37,8°C), dor de cabeça, mal-estar, calafrios, tonturas, dor lombar podem ser sinais de várias doenças, inclusive da febre amarela. Por isso é muito importante que o morador vá a uma unidade de saúde caso apresente os sintomas.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree