-->

Justiça manda leiloar carros de ex-secretário Pepe Richa

21 Fevereiro 2020

Decisão do juiz Paulo Sergio Ribeiro é referente a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), pela alienação dos veículos. Pepe Richa, irmão do ex-governador Beto Richa, foi
secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná Agência Estadual de Notícias/Reprodução Dois carros de José Richa Filho, conhecido como Pepe Richa, devem ir a leilão, conforme determinou a Justiça Federal. Pepe é irmão do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) e foi secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná. Pepe Richa é réu em um processo da Operação Integração, que investiga um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo concessionárias de rodovias federais e agentes públicos ligados ao governo do Paraná, ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Agencia Reguladora do Paraná (Agepar). De acordo com o Ministério Público Federal do Paraná (MPF), o esquema desviou R$ 8,4 bilhões por meio do aumento de tarifas de pedágio do Anel de Integração, e de obras rodoviárias não executadas. A propina paga em troca dos benefícios, conforme os procuradores, foi estimada em pelo menos R$ 35 milhões. Pepe e o irmão Beto Richa são réus no processo. A decisão sobre o leilão é do juiz Paulo Sergio Ribeiro, de terça-feira (18), é referente a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), pela alienação antecipada dos veículos. Os carros são um Mitsubishi ASX e um Chevrolet Spin. De acordo com o juiz, Pepe Richa deve entregar os dois automóveis ao leiloeiro em um prazo estimado pela organizadora. A venda dos carros será feita por meio de leilão eletrônico para, segundo o juiz, alcançar o maior número de propostas pela internet. Ainda conforme o despacho, o resultado da arrematação deve ser depositado em conta vinculada à Justiça. "A alienação antecipada de bens apreendidos judicialmente é medida cabível quando justificada a ocorrência da sua desvalorização econômica, ante a reconhecida complexidade da ação penal e o decurso considerável do tempo até o trânsito em julgado da sentença final", diz um trecho da decisão. O outro lado O advogado Rodrigo Faucz, que defende Pepe Richa, disse que só vai se manifestar após ser intimado da decisão. O G1 tenta contato com a defesa de Beto Richa. Veja mais notícias no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree