-->

796 bolsistas passam a atuar em ações contra coronavírus no Paraná, nesta segunda-feira (30)

29 Março 2020

Segundo o governo estadual, estudantes e profissionais de saúde passam a atuar nas divisas rodoviárias do estado e reforçar unidades de saúde, hospitais e laboratórios. Estudantes da graduação e
da pós-graduação auxiliaram no combate à Covid-19 como bolsistas, no Paraná Getty Images/ BBC 796 estudantes e profissionais de saúde começam a atuar, a partir desta segunda-feira (30), em atividades de combate ao coronavírus no Paraná, segundo o governo estadual. São estudantes e profissionais da área de saúde selecionados por um programa de extensão de combate à Covid-19 no estado, criado em parceira entre a Fundação Araucária, Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e Secretaria da Saúde (Sesa). Os profissionais receberão uma bolsa para atuar, a princípio, por quatro meses nas divisas rodoviárias, em hospitais, unidades de saúde e laboratórios do estado. Segundo o governo, o programa pode ser prorrogado para oito meses. Como funcionará? Os estudantes e os profissionais auxiliarão no atendimento de centrais de informações, reforçarão as equipes de saúde nas entradas de acesso às cidades, além de passarem orientações à população sobre o novo coronavírus, em unidades de saúde e hospitais. Alguns dos bolsistas trabalharão no Laboratório Central do Estado (Lacen) e no Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs). Os profissionais atuarão nos seguintes municípios: Londrina (UEL) Maringá (UEM) Cascavel (Unioeste) Ponta Grossa (UEPG) Guarapuava (Unicentro) Jacarezinho (UENP) Paranaguá (Unespar e UEPG) Curitiba e Região Metropolitana (UEPG) Francisco Beltrão (Unioeste) Foz Iguaçu (Unioeste) As bolsas variam de R$ 800 a R$ 4 mil, segundo o governo. Mais bolsas Segundo o governo do estado, outras 82 vagas foram abertas para bolsistas no sábado (28). As inscrições são para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Conforme o programa, as inscrições para concorrer a uma das bolsas deve ser feita pela internet até quinta-feira (2). As oportunidades são para as cidades de Irati, Campo Mourão, Paranavaí, Cornélio Procópio, Apucarana, União da Vitória, Pato Branco, Toledo, Telêmaco Borba, Umuarama, Cianorte e Ivaiporã. Os bolsistas atuarão em ações de prevenção, cuidados e combate ao coronavírus em unidades de saúde e no sistema prisional. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree