-->

Colheita e venda do pinhão no Paraná estão liberadas a partir de abril

01 Abril 2020

Contudo, a recomendação do Instituto Água e Terra do Paraná é para que se espere os frutos caírem para, então, fazer a coleta. Colheita e venda do pinhão
está liberada a partir desta quarta-feira (1º) Rudimar Narciso Cipriani/Acervo Pessoal A colheita e a venda do pinhão estão liberadas no estado a partir desta quarta-feira (1º). Contudo, a recomendação do Instituto Água e Terra do Paraná é para que se espere os frutos caírem para, então, fazer a coleta. Conforme o instituto, isso é um sinal mais garantido da maturação. Além disso, evita que a pessoa corra o risco de queda ao subir numa araucária. O objetivo da data para início do comércio e da colheita é proteger a reprodução da araucária, que é a árvore símbolo do Paraná e está em extinção, além de garantir o consumo sustentável. Ainda conforme o Instituto, mesmo sendo colhido na data permitida, é proibido o consumo e venda do pinhão verde. As pinhas imaturas apresentam casca esbranquiçada e alto teor de umidade. Se consumido ainda verde, pode prejudicar a saúde, podendo causar problemas como a má digestão, náuseas e até episódios de constipação intestinal, segundo o instituto. Veja mais notícias no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree