-->

Decreto altera funcionamento do transporte coletivo em Guarapuava a partir de segunda-feira (6)

05 Abril 2020

Segundo a prefeitura, ônibus vão operar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 21h; usuários são obrigados a usar máscaras. Decreto ampliou o horário de funcionamento e suspendeu a
operação de ônibus aos sábados Reprodução/RPC A Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, decretou novas medidas de prevenção ao novo coronavírus, como a suspensão do funcionamento do transporte coletivo aos sábados. As determinações entram em vigor na segunda-feira (6). De acordo com as medidas, os ônibus funcionarão de segunda-feira a sexta-feira, incluindo os feriados, das 8h às 21h. Para utilizar o transporte coletivo, os usuários deverão usar máscaras a partir de quarta-feira (8). Paraná tinha 7 mortes e 401 casos da Covid-19 até o sábado (4) Ministério da Saúde divulga manual para fazer máscara caseira O decreto anterior permitia que as linhas operassem de segunda-feira a sábado, em horário reduzido. De acordo com a prefeitura, a alteração foi necessária porque o decreto de sexta-feira (3) também autoriza, de forma intercalada, o funcionamento do comércio. Comércio O comércio poderá abrir de forma gradual, com funcionamento das 9h às 20h. Para isso, os estabelecimentos foram divididos em categorias e funcionarão de segunda-feira a sexta-feira, conforme escala apresentada pela prefeitura. Segundo o decreto, o comércio poderá funcionar desde que siga as medidas de prevenção, como o fornecimento de máscaras para funcionários, além de álcool em gel para funcionários e clientes. Os estabelecimentos também só poderão receber uma pessoa para cada três metros quadrados. Os banheiros deverão ser higienizados constantemente, e os empregados precisam ser monitorados em relação aos sintomas da Covid-19. A prefeitura estabeleceu ainda que as mercearias, mercados, supermercados e hipermercados sejam fechados aos domingos. Apenas farmácias e postos de combustíveis, conforme o decreto, funcionarão aos domingos. Uso obrigatório de máscaras As determinações também obrigam o uso de máscaras nas seguintes situações: Para embarque no transporte coletivo; Para usar táxi ou transporte compartilhado de passageiros; Para ter acesso aos estabelecimentos comerciais e os considerados essenciais, como supermercados, mercados, farmácias; Para trabalho em repartições públicas e privadas. As medidas do decreto serão fiscalizadas por equipes do Procon, da Defesa Civil, da vigilância sanitária, da fiscalização geral do município, pelos agentes de trânsito, pela Polícia Militar (PM) e pelo Corpo de Bombeiros, conforme a prefeitura. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree