-->

Horário do comércio é discutido para evitar superlotação em ônibus de Curitiba

06 Junho 2020

Dados da Comec mostram um pico das 6h às 7h. A partir das 8h, segundo a Comec, a procura pelos ônibus cai bastante. Objetivo é evitar um maior volume
de passageiros em horários de pico Luiz Costa/SMCS Horários alternativos para o comércios têm sido discutidos para evitar a superlotação em ônibus de Curitiba. Na sexta-feira (5), a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), a Urbanização de Curitiba (Urbs), a Secretaria de Trânsito de Curitiba (Setran) e a Associação Comercial do Paraná fizeram uma reunião virtual. No encontro, de acordo com o governo estadual, foram discutidas formas para que o comércio da capital paranaense funcione em horários alternativos e, assim, evite-se um maior volume de passageiros em horários de pico. Passageira flagra ônibus lotado em Curitiba contrariando as regras para evitar a transmissão da Covid-19 Também foi debatida a operação do transporte coletivo em Curitiba e na Região Metropolitana, conforme informou o governo estadual. Dados da Comec mostram um pico das 6h às 7h. A partir das 8h, segundo a Comec, a procura pelos ônibus cai bastante. O objetivo é oferecer mais segurança aos passageiros, para evitar a propagação do novo coronavírus. Coronavírus no Paraná: veja as principais notícias sobre a pandemia Outra reunião vai ser realizada, na segunda-feira (8), para continuar o debate. De acordo com o governo estadual, outras instituições serão convidadas a participar. Reunião virtual foi realizada na sexta-feira (5) Comec/Divulgação Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree