-->

Mais de 15 mil imóveis continuam sem luz no Paraná cinco dias após temporal, diz Copel

05 Julho 2020

Maior parte dos consumidores que estão sem energia elétrica moram na Região Metropolitana de Curitiba e no Litoral do estado. Trabalhos continuam neste domingo (5). Carretas com postes estão
sendo enviadas para as cidades afetadas Copel/Divulgação Mais de 15 mil imóveis continuam sem energia elétrica no Paraná neste domingo (5), por causa do temporal que atingiu diversas regiões do estado na terça-feira (30), segundo a Copel. A maior parte das unidades consumidoras que estão sem luz ficam no Litoral do Paraná e na Região Metropolitana de Curitiba. Veja a relação das cidades abaixo: Quitandinha: 2,3 mil Morretes: 2,2 mil Guaraqueçaba: 1,8 mil Mandirituba: 1,5 mil Antonina: 1,4 mil Paranaguá: 1,2 mil Tijucas do Sul: 1,2 mil Lapa: 1,2 mil Rio Negro: 975 Araucária: 965 São José dos Pinhais: 717 Pien: 455 Agudos do Sul: 153 Ainda de acordo com a Copel, também há registro de falta de luz em municípios do interior do estado. Moradores sem luz interditam trecho da BR-277, em São José dos Pinhais A companhia informou que enviou carretas com postes para o Litoral para a troca das estruturas que foram danificadas pelo temporal. Alguns serviços precisam ser feitos em região de mata. Segundo a Copel, a maior parte dos imóveis que estão sem luz ficam em locais mais isolados. O fornecimento já foi restabelecido em grande parte das regiões urbanas. Eletricistas continuarão trabalhando até que o serviço seja normalizado em todas as região, conforme a Copel. Ciclone bomba afeta clima no Sul e no Sudeste; veja 5 curiosidades sobre esse fenômeno Temporal As chuvas e os ventos fortes de terça-feira afetaram o fornecimento de energia elétrica para cerca de 1,8 milhão de imóveis atendidos pela Copel no Paraná. O pico de unidades consumidoras sem luz foi registrado por volta das 17h20 do dia 30 de junho, quando 875 mil imóveis estavam sem energia. De acordo com a Defesa Civil, cerca de 15 mil pessoas em 70 municípios paranaenses foram afetadas pelo temporal. A Defesa Civil ainda contabilizou mais de 3 mil residências danificadas durante a chuva. Pelo menos 280 pessoas ficaram desalojadas e outras 20 ficaram desabrigadas. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree