-->

Aplicativo 'Aula Paraná' ganha nova versão com ferramentas que pretendem aumentar interação e aprendizagem dos alunos

17 Setembro 2020

Lançamento do 'Aula Paraná Turbo' ocorreu nesta quinta-feira (17); entre as novidades está um intensivo do Enem, plataforma de inglês online, aulas de programação e mais aulas ao vivo.
Aplicativo Aula Paraná é atualizado e ganha novas ferramentas A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed) lançou, nesta quinta-feira (17), o "Aula Paraná Turbo", uma versão avançada do Aula Paraná, com 15 novas ferramentas que pretendem auxiliar o processo de aprendizagem. Entre as novidades, para os mais de 1 milhão de alunos da rede, está um intensivo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), plataforma de inglês online, sistema de correções automáticas de redação, aulas de programação para alunos e professores, além de mais aulas ao vivo e uma plataforma de matemática gamificada. Confira todas as novas ferramentas mais abaixo. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias PANDEMIA EM NÚMEROS: Confira o mapa com os dados por cidade "O professor através da ferramenta Google Meet ele não paga nada do celular dele para conversar com os alunos e enxergar o rosto deles. Ele também vai contar agora com a Redação Paraná, que usa a inteligência artificial para ajudar ele na correção. Toda a parte de ortografia, gramática, a própria inteligência artificial corrige e fica para ele a parte mais nobre da redação que é a argumentação", disse Renato Feder, secretário de Educação do Paraná. Segundo a secretaria, o novo sistema deve aprimorar o ensino remoto que, desde abril, é oferecido no estado. O novo aplicativo deve permitir ainda mais interação com aluno e oferecer elementos mais tecnológicos. "Aula Paraná Turbo" é uma versão avançada do Aula Paraná Reprodução/RPC "Todas as ferramentas do Aula Paraná Turbo, das 15 ferramentas que existem, umas dez já estão funcionando, algumas entram em função na semana que vem. Teremos o lançamento de 10 mil cursos de programação online para os nossos alunos", explicou Gláucio Dias, diretor-geral da Seed. As inscrições para o curso de programação gratuito com 10 mil vagas começam na sexta-feira (18). Para melhorar a relação entre alunos e professores, o novo sistema prevê aulas mais interativas com a participação em tempo real pelos estudantes. "Essa aula é muito importante porque mantém um vínculo do aluno com o professor, e esse vínculo é o que vai garantir que nós não tenhamos um número muito grande de evasões no próximo ano", comentou Dias. Em abril, o governo lançou o Aula Paraná, com aulas transmitidas por um canal de televisão da rede aberta e pelo Youtube Reprodução/RPC Rotina alterada As aulas de escolas e universidades públicas foram suspensas no dia 20 de março. Em abril, o governo lançou o Aula Paraná, com aulas transmitidas por um canal de televisão da rede aberta e pelo Youtube. A expectativa era de que o retorno às aulas presenciais ocorresse em setembro, mas a previsão acabou não se confirmando e, por isso, quando as aulas presenciais retornarem, o governo pretende aplicar uma prova para verificar quais conteúdos foram aprendidos e os que ainda precisam ser trabalhados. "O aprendizado no Paraná está indo muito bem, de maneira geral através do Aula Paraná os estudantes estudam mais de três horas por dia. Obviamente que quando voltar a aula presencial vamos ter bastante revisão, estudos adicionais, provas para onde cada aluno está", afirmou Feder. Ideb: Paraná supera meta para o ensino fundamental, mas fica abaixo do objetivo no ensino médio em 2019 As aulas de escolas e universidades públicas foram suspensas no dia 20 de março Reprodução/RPC Novas ferramentas 'Turbo' Intensivo do Enem: Conteúdos específicos para o Exame; Redação Paraná: Correção automatizada de redação, com o professor focando no essencial: a argumentação, gêneros textuais e dicas para o Enem. Aulas ao vivo: Participação dos alunos em tempo real. Linguagem mais jovem e ampliação do vínculo dos estudantes. Curso de programação para 10 mil alunos: Vagas para cinco modalidades de programação: programação web, programação mobile, Front-end, Design & UX e Data Science. Plataforma de inglês online: Inglês de alto nível. Matemática gamificada: Alunos aprendem jogando, o que torna a absorção de conteúdos difíceis mais eficiente. Sistema de WebConferências: Ferramenta que permite ao professor fazer vídeochamadas diárias com os alunos. Com isso, o tempo da aula gravada será reduzida pela metade - a outra metade será dada pelo professor de cada turma. Super Gestor: Ferramenta que permite ao diretor acompanhamento dos profissionais da educação e dos alunos, com relatórios diários por e-mail para escolas. Ampliação do Professor Formador: Formação de professores para o uso de novas tecnologias. Modernização dos currículos das disciplinas e aulas mais dinâmicas. Mensagem aos pais de alunos faltantes: Modernização da busca ativa e redução da evasão escolar. Com isso, é ampliada a participação da família. Feedback respostas Google Classroom: Correção mais rápida das atividades. Com os dados, o professor pode atuar onde está a dificuldade de cada turma/estudante. Quizz e enquetes no aplicativo: Atividades mais interativas. Pacote de livros pedagógicos FDE online: Livros didáticos estarão disponíveis online. Plataforma da Ática online: Livros didáticos de inglês também estarão disponíveis online. Plataforma interativa de questões em inglês. Preparo de 1 milhão de provas para o retorno pós-Covid-19: Nivelamento dos estudantes para identificar quais conteúdos foram aprendidos e quais ainda precisam ser retomados. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree