Terça, 22 Setembro 2020 10:51

36 presos diagnosticados com Covid-19 fogem de cadeia no Paraná, diz Depen


Departamento Penitenciário informou que prisão em Cambará, que está superlotada, tinha 118 detentos infectados pelo novo coronavírus. Presos escaparam por túnel na madrugada desta terça-feira (22). Presos fugiram após
cavarem um túnel em Cambará Divulgação Trinta e seis presos com diagnóstico positivo para o novo coronavírus fugiram da cadeia de Cambará, no norte do Paraná, na madrugada desta terça-feira (22). De acordo com a coordenação regional do Departamento Penitenciário (Depen), os detentos escaparam por um túnel de aproximadamente 30 metros. (CORREÇÃO: O G1 errou ao informar na publicação desta reportagem que 34 presos com Covid-19 tinham fugido da cadeia. Na verdade, foram 36 fugitivos. A informação foi corrigida às 19h08.) A cadeia enfrenta problemas de superlotação. Antes da fuga, estava com 122 presos em um local com capacidade para 42. Três agentes penitenciários trabalhavam quando os internos conseguiram escapar. Reginaldo Peixoto, coordenador regional do Depen, informou que dois fugitivos já foram recapturados e que o órgão já trabalha para fechar o buraco. "Realizamos várias transferências, mas, por causa da pandemia, esse tipo de movimentação acabou sendo mais morosa", explicou o coordenador regional do Depen. Coronavírus na cadeia No dia 16 de setembro, presos e funcionários participaram de uma testagem em massa para a Covid-19. De acordo com Peixoto, 118 dos 122 presos testaram positivo para a doença, a maioria não apresentou nenhum sintoma. Entre os funcionários, três agentes foram afastados por causa da Covid-19. Coronavírus: Preso de grupo de risco pede para não deixar a cadeia após advogado tentar prisão domiciliar Desde o início da pandemia no Paraná, 471 presos testaram positivo para Covid-19: 'Não é alarmante', diz diretor do Depen Mais de 140 presos testam positivo para Covid-19 na cadeia de Toledo, diz prefeitura A ação foi realizada depois de 13 detentos contraírem a doença. Após a confirmação, esse grupo foi levado para cumprir o período de isolamento na cadeia de Cornélio Procópio. Após 15 dias, quando todos já estavam curados, voltaram para Cambará. Conforme a coordenação regional do Depen, os presos que apresentaram algum sintoma tiveram febre, dor no corpo e falta de paladar. Nenhum precisou ser internado e o município tem dado apoio com equipes de saúde. Veja os assuntos mais importantes do estado nesta terça-feira (22) Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Ler 19 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.