-->

Paraná entra em estado de alerta por epidemia de dengue, indica boletim

04 Junho 2019

Incidência chegou a 104,73 casos por 100 mil habitantes, conforme dados divulgados nesta terça-feira (4); 17ª morte pela doença foi confirmada em Cafelândia, no oeste do estado. O Ministério
da Saúde considera o estado de alerta de epidemia de dengue a partir de 100 casos por 100 mil habitantes Acácio Pinheiro/Agência Brasília O Paraná entrou em estado de alerta por epidemia de dengue, conforme boletim semanal da dengue divulgado nesta terça-feira (4) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O estado atingiu a marca de 104,73 casos por 100 mil habitantes. Na semana anterior, a incidência era de 86,49, segundo o boletim. O Ministério da Saúde considera o estado de alerta de epidemia de dengue a partir de 100 casos por 100 mil habitantes. De acordo com o boletim, o Paraná chegou a 17 mortes confirmadas pela doença desde agosto de 2018. Nesta semana, houve a confirmação da morte de um homem, de 49 anos, morador de Cafelândia, no oeste do estado. O boletim semanal registra 12.055 casos confirmados de dengue no Paraná. Na semana anterior, foram 9.976 casos. Do total de municípios, 60 estão em situação de epidemia e 44 estão em estado de alerta. “Precisamos acabar com os focos que, na maioria das vezes, estão nos quintais e terrenos baldios. Só assim vamos reduzir o registro de casos e óbitos por dengue”, explica a médica veterinária Ivana Belmonte, da Divisão de Vigilância Ambiental da Sesa. Municípios com mortes confirmadas: Londrina: 6 Cascavel: 3 Loanda: 3 Maringá: 2 Foz do Iguaçu: 1 Cafelândia: 1 Ibiporã: 1 Sintomas A infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Os sintomas são febre alta acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, náuseas e vômitos. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree