-->

Rodovias federais do estado têm três mortes e 45 acidentes durante Operação Proclamação da República

18 Novembro 2019

Balanço da PRF foi divulgado nesta segunda-feira (18). Em 2018, operação teve um dia a mais e computou cinco mortes, em 61 acidentes, em Pernambuco. Acidente na BR-232, em
Sairé, deixou três pessoas mortas durante o feriado prolongado da Proclamação da República PRF/Divulgação Três pessoas morreram e 31 ficaram feridas em 45 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco durante o feriado prolongado da Proclamação da República. O balanço da operação, que teve um dia a menos que em 2018, foi divulgado nesta segunda-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Operação Proclamação da República aconteceu entra a quinta-feira (14) e o domingo (17). No ano anterior, a ação registrou, em cinco dias, 61 acidentes, com 59 feridos e cinco mortes. As três mortes do feriadão deste ano foram em um mesmo acidente, ocorrido na BR-232 em Sairé, durante uma colisão de um veículo de passageiros em uma caminhonete. O acidente foi provocado por uma suposta tentativa de assalto que resultou na morte de três pessoas e deixou outras quatro feridas, segundo a PRF. Os policiais rodoviários também prenderam durante o feriado prolongado 17 pessoas por diversos crimes, como roubo, receptação de veículo roubado, porte ilegal de arma, uso de documento falso e com mandado de prisão em aberto. Nesse período, três veículos roubados foram recuperados. Durante os quatro dias da operação deste ano, a PRF abordou 3.205 veículos e 3.600 pessoas, o que resultou em 2.543 autuações por diversas infrações. Entre elas, o balanço destacou: 143 pelo não uso do cinto de segurança 132 por ultrapassagens indevidas 90 por falta do capacete em motocicleta 25 por não utilizar cadeirinha Etilômetro passivo foi utilizado nas estradas federais de Pernambuco durante a operação do feriado da Proclamação da República PRF/Divulgação Durante a fiscalização, policiais rodoviários federais utilizaram, pela primeira vez no estado, o etilômetro passivo, segundo a corporação. O equipamento indica se o motorista ingeriu bebida alcoólica sem a necessidade de soprar no bocal. O equipamento foi suado em conjunto com o bafômetro. Ao todo, foram emitidas 56 autuações e presos dois motoristas que estavam sob efeito de álcool. Em 2018, foram 38 autuações e uma prisão. Durante a operação foram recolhidos 243 veículos irregulares, 159 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 43 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 1097 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree