-->

Semcaspi trata com SETUT bloqueios de cartão Passe Livre

22 Janeiro 2020

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) realizou uma reunião nesta terça-feira (21) para tratar sobre os recorrentes bloqueios do cartão Passe Livre de pessoas com deficiência,

sobretudo de crianças com autismo. Após escutar os usuários, a representante do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (SETUT) se comprometeu a realizar o desbloqueio dos cartões.

Idosos são beneficiados com o passe livre. (Foto: Arquivo O Dia)

“Foi uma reunião proveitosa porque tivemos um resultado imediato. O número de bloqueios de cartões Passe Livre de pessoas com deficiência cresceu de forma assustadora, mas o SETUT teve a sensibilidade de firmar o compromisso do desbloqueio desses cartões e estudar o que está acontecendo”, afirmou o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Dezenas de mães de crianças com deficiência estiveram presentes na reunião relatando que o sistema do SETUT está bloqueando os cartões de forma desordenada, o que tem causado um enorme transtorno para as famílias, que precisam realizar muitos deslocamentos com as crianças.

“Foi importante escutar as mães sobre o que está acontecendo. O SETUT, em sua função, faz a fiscalização do uso devido ou não do cartão Passe Livre. Quando nós recebemos essa demanda de reclamações desses bloqueios, nós tivemos a iniciativa de fazer o desbloqueio. Lógico que vamos averiguar o que ocorreu”, afirmou Regina Cristina, coordenadora executiva do SETUT.

Além da Semcaspi e do SETUT, estiveram presentes representantes da Associação dos Deficientes Físicos de Teresina (ADEFT), Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Piauí (OAB-PI), e Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Teresina (CONADE-TE).

“Nós demonstramos a necessidade que existe para resolução do problema e o SETUT se comprometeu em ajudar. Essa é a primeira de várias reuniões que ainda vão acontecer para que nós possamos aperfeiçoar o sistema e evitarmos problemas como esse no futuro”, afirmou Antenilton Marques da Silva, conselheiro do CONADE-TE.

Fonte: Da Redação
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree