-->

Teresina reduz 83% de colisões de veículos com o Projeto Esquina Segura

17 Fevereiro 2020

O Projeto Esquina Segura possibilitou a redução de 83% na quantidade de colisões de veículos no centro de Teresina. Os números são da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), após

análise comparativa dos dados de outubro a dezembro do ano passado, com os três meses anteriores.

Leia também: Teresina teve mais de 700 acidentes de trânsito com vítimas em 2019


De acordo com o relatório do projeto, em 25 cruzamentos foram registrados 18 colisões no período de 3 de julho à 15 de outubro de 2019 em áreas do centro e zonas leste e sul. Nesses mesmos locais, aconteceram apenas três colisões no período de 16 de outubro a 31 de dezembro.

O local com maior incidência de ocorrências era no cruzamento das ruas Félix Pacheco e 24 de Janeiro, que registraram seis ocorrências de julho a 15 de outubro e nenhuma no período de 16 de outubro a 31 de dezembro do ano passado. Outros pontos sem nenhum registro de colisões nesse mesmo período foi no cruzamento das Ruas Lisandro Nogueira com Rui Barbosa, onde havia ocorrido quatro colisões de julho a outubro do ano passado e no cruzamento das ruas Benjamin Constant com Magalhães Filho haviam sido registrados dois acidentes de julho a outubro.


Acidentes como este se tornaram menos comuns nos cruzamentos da cidade, após a implantação do projeto - Foto: Jailson Soares/O Dia

O projeto Esquina Segura é executado em cruzamentos com o reforço na sinalização com pintura na via, delimitação de espaço para conversões, faixas de pedestres, colocação de tachões refletivos e placas.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, explica que o projeto Esquina Segura tem o objetivo de proporcionar mais segurança para os condutores de veículos e ter trânsito mais harmônico nas vias de Teresina. “A Strans iniciou esse projeto em junho do ano passado e no final do ano já estava instalado em 25 cruzamentos. Este ano, estamos expandindo e já reforçamos a sinalização em 35 cruzamentos. Com isso, estamos tentando uma mudança na cultura dos condutores que insistem em desrespeitar as normas de circulação viária”, enfatiza.

Os resultados positivos já estão sendo sentidos pelos teresinenses. O jornalista Carlos Eduardo, que trabalha próximo ao cruzamento das ruas Félix Pacheco com 24 de janeiro, por exemplo, avalia como positiva a medida de reforço na sinalização. “Essa nova forma orienta melhor o condutor para cumprir as normas e para redução de velocidade, para fazer conversão, estacionar e também as placas. Já percebemos que não ocorrem acidentes nesse cruzamento”, diz.

Fonte: Jornal O Dia

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree