-->

FMS alerta para cuidados com o Aedes aegypti durante o feriado de carnaval

20 Fevereiro 2020

Feriado é uma época em que várias pessoas viajam e deixam suas residências fechadas. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) alerta para alguns cuidados que devem ser tomados para evitar acúmulo

de água parada e a possível proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, no período do carnaval.

“Como estamos em época de chuvas, a probabilidade de ocorrer acúmulo de água é alta e por isso precisamos redobrar os cuidados”, diz a gerente de Zoonoses da capital Oriana Bezerra. “Antes de viajar devemos checar se os ralos de banheiros e as caixas d'água estão hermeticamente fechados, além de nos certificarmos de que no quintal de nossas casas não ficarão objetos que acumulem água”, fala.


Foto: O Dia

Todos também precisam ficar atentos ao acúmulo de água parada em calhas, materiais de construção, pneus, garrafas e materiais descartáveis espalhados pelos espaços livres de suas casas. “Mesmo uma tampinha de garrafa pode se tornar foco do mosquito, por isso devemos estar bem atentos”, enfatiza Oriana Bezerra.

Ela ainda chama atenção das repartições públicas e estabelecimentos em geral que ficam fechados durante as férias. “É importante que os gestores e funcionários se certifiquem de que não deixarão locais propícios para a proliferação do mosquito”, ressalta.

A dengue tem por principais sintomas a febre alta e de início imediato, dores moderadas e quase sempre presentes nas articulações, manchas na pele com coceira leve e sem vermelhidão nos olhos. Já a chikungunya se caracteriza por febre alta e de início imediato quase sempre presente, dores intensas e presentes em 90% dos casos e as manchas vermelhas podem aparecer nas primeiras 48 horas, com coceira leve em 50 a 80% dos casos.

No caso do Zika vírus, pode haver febre baixa, a pessoa pode sentir dores leves, as manchas vermelhas na pele se manifestam nas primeiras 24h e a vermelhidão nos olhos e coceira - com intensidade tanto leve como alta - podem estar presentes. “É importante que as pessoas procurem o serviço de saúde imediatamente ao perceberem qualquer um dos sintomas”, afirma a gerente.

Fonte: Fundação Municipal de Saúde

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree