-->

Incra aguarda liberação de crédito para construção de mil casas no PI

27 Fevereiro 2020

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) planeja construir mais de mil casas em assentamentos no Piauí, além da reforma de outras três mil residências. Segundo Tiago Vasconcelos, superintendente

regional do órgão no estado, a previsão é que os recursos para a ação sejam disponibilizados ainda em março.

“Estamos aguardando liberação de crédito para, quem sabe, construir mais de mil unidades habitacionais e reformar quase três mil habitações. É muita coisa para um órgão que estava praticamente não prestigiado no Piauí”, afirmou o superintendente em entrevista ao Jornal O Dia, sem revelar o orçamento total previsto para realização deste empreendimento.

Além disso, a expectativa do Incra é ampliar sua política de regularização fundiária e titulação definitiva de assentamentos no estado. Para isso, não descarta o trabalho em parceria com o Governo do Estado, através da assinatura de convênios com o Instituto de Terras do Piauí (INTERPI).


O superintendente do órgão no estado tenta destravar os recursos para as obras - Foto: O Dia

“Isso mostra que o Governo Federal não tem essa questão política como impedimento, pois na verdade o objetivo é beneficiar pequeno, médios e grandes agricultores. Lógico que o Governo Federal quer que seja sabido no estado que os recursos foram investimento pela União”, explicou Vasconcelos.

Tiago Vasconcelos chegou à superintendência regional do Incra no final do ano passado. Naquela oportunidade, havia cerca de R$ 16 milhões em caixa para investimentos voltados ao fomento a agricultura familiar desses assentamentos. “Como estávamos no final do ano, não conseguimos aplicar todo esse crédito disponibilizado. Aplicamos R$ 10 milhões e acreditamos, valor esse que deve se repetir para o ano de 2020 ou até mesmo ser ampliado”, finalizou.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree