-->

Sindicato orienta bancos a controlarem número de pessoas nas agências

31 Março 2020

O movimento de pessoas nas agências bancárias do Piauí deve ter um relativo aumento nos próximos dias em razão do início do pagamento dos programas assistencialistas e também das aposentadorias. A

situação gera preocupação para as autoridades e, sobretudo, para quem trabalha nestes estabelecimentos, porque há um risco de se formarem aglomerações, principalmente as filas nos terminais de autoatendimento.

Leia também: Sindicato pedirá a bancos que aumentem limites diários de transações online


Como os serviços bancários são considerados essenciais, as agências não podem parar. No entanto, para garantir a integridade física dos profissionais do setor, e até mesmo dos próprios clientes, o Sindicato dos Bancários do Piauí está negociando junto à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) que as agências operem somente com o mínimo de 30% do efetivo, dispensando assim os profissionais que estejam nos grupos de risco para a Covid-19.

A quantidade de gente trabalhando, portanto, deve ficar abaixo da média para os dias normais de funcionamento. Isso também é um fator que acaba contribuindo para a formação de aglomerações de clientes aguardando atendimento nos bancos, sobretudo e início de mês. Para tentar evitar que isso aconteça, o Sindicato dos Bancários do Piauí está orientando que os funcionários controlem a quantidade de pessoas que entram nas agências, pelo menos nos horários de maior movimentação neste período de pagamentos.


Foto: O Dia

O presidente da entidade, Odaly Medeiros, explica: “as pessoas, quando chegarem às unidades, deverão aguardar na porta caso perceba que tem aglomeração dentro e as agências também devem controlar a quantidade de gente que entra. Uma pessoa ou duas por vez para o autoatendimento, dependendo do tamanho da demanda”.

A estimativa é de que 35 milhões de brasileiros compareçam às agências bancárias para receber seus benefícios nesta primeira semana de abril.

Mas para além do controle da entrada de clientes, os bancos também estão tomando outras providências para garantir a integridade dos profissionais e de quem busca atendimento. A Fenabam está suprindo as agências com máscaras para seus funcionários e álcool em gel tanto para os profissionais quanto para os clientes. É importante lembrar que se deve respeitar a distância mínima de um metro e meio nas filas e que sempre que for usar o caixa eletrônico, higienizá-lo com álcool antes.

Por: Maria Clara Estrêla
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree