-->

CRAS adotam atendimento programado, por causa do Covid-19

08 Abril 2020

Devido à pandemia do novo coronavírus que mudou a rotina da população, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) vem fazendo o atendimento individual e programado nos

Centros de Referências de Assistência Social (CRAS) em toda a Teresina. Os serviços estão sendo ofertados somente pela manhã, com duração de 40 minutos cada atendimento e com as equipes fazendo rodízio para evitar qualquer possibilidade de transmissão do vírus.

O secretário Samuel Silveira informou que todos os prédios passaram recentemente por uma revisão nas linhas telefônicas para que a população consiga entrar em contato sem maiores transtornos e obter as informações necessárias.

“Todos os números foram revisados e os que se encontraram com defeitos foram trocados para evitar problemas à população. Reforçamos a necessidade da ligação prévia e com antecedência, para saber se é necessário o atendimento presencial. Estamos tomando todas as medidas para evitar aglomerações”, disse o secretário.

Segundo a coordenadora da Gerência de Proteção Social Básica (GPSB) da Semcaspi, Kânia Brito, o atendimento coletivo ao público permanece suspenso, mas a pessoa que necessitar de alguma assistência pode agendar no contato telefônico referente ao CRAS da sua região.


CRAS adotam atendimento programado, por causa do Covid-19. Reprodução

“Os atendimentos precisam ser agendados com antecedência. Nós mantemos também os atendimentos prioritários, levando em consideração uma análise prévia feita por nossa equipe. Estamos trabalhando somente com os serviços de renda mínima e de Proteção e Atendimento Integral à Família, o PAIF”, explicou.

A equipe do PAIF segue mantendo atualização dos dados do Sistema de Condicionalidades, BPC na Escola, além dos contatos telefônicos com as famílias acompanhadas e a disponibilização de benefícios eventuais já solicitados anteriormente e concedidos. Os atendimentos residenciais só acontecerão em caso de extrema necessidade com agendamento prévio por telefone.

“A maioria dos atendimentos procurados até o momento é sobre benefício bloqueado. Os coordenadores de Renda Mínima, entrevistadores sociais e digitadores realizarão atendimento por contato telefônico. Se for o caso de um atendimento presencial, só a partir de agendamento prévio para até 10 famílias por dia. Todos os atendimentos ocorrem conforme as orientações do Ministério da Saúde”, completou a coordenadora.

Os servidores que atuam nos CRAS estão seguindo todo o protocolo de segurança, tomando as medidas de distanciamento de até 02 metros durante o atendimento presencial, o higiene das mãos com álcool em gel e o uso de máscara que foram disponibilizadas pela Semcaspi.

Fonte: Ascom
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree