-->

Ciro Nogueira defende projeto de combate à proliferação de informações falsas

02 Julho 2020

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) defende a adoção de mecanismos mais rígidos de

combate à proliferação de notícias falsas em redes sociais e aplicativos de mensagens. Ao O DIA, afirmou que é necessário formas de inibir esta prática que, segundo ele, afeta tanto a imagem como a saúde de muitas pessoas.

Ciro Nogueira quer mais rigidez no enfrentamento à proliferação de desinformações na internet (Foto: Arquivo/ODIA)

Para o parlamentar, a ausência de um regramento específico para a identificação dosautores de informações falsas é um facilitador para que o delito seja cometido. “Acho que é necessário responsabilizar alguém para, caso necessário, poder ser criminalizado. Na prática, hoje essas pessoas estão cometendo crimes e estão ficando impunes", argumentou.

O parlamentar piauiense foi um dos que votaram à favor da aprovação, na última terça-feira (30), do texto base da chamada “PL das Fake News” no Senado. Apesar de alegar que o intuito seja evitar que informações falsas causem danos individuais, ou coletivos, e à própria democracia, a proposta é alvo de críticas.


LEIA TAMBÉM:

Um dos pontos questionados é a possibilidade de riscos à liberdade de expressão, assegurada pela Constituição Federal. Por sua vez, Ciro Nogueira afirma que os questionamentos partem de pessoas que “não leram o projeto”, pois a iniciativa fere os princípios constitucionais que, segundo ele, continuam assegurados.

“A liberdade de expressão está garantida, desde que os responsáveis pela suas declarações, como é na vida. As redes sociais não podem ser diferente, as pessoas tem que se responsabilizada por aquilo que divulgam”, enfatizou o senador.

Marcelo Castro e Ciro Nogueira foram os únicos senadores piauienses favoráveis ao texto base da “PL das Fake News” (Foto: Arquivo/ODIA)

Além do progressista, Marcelo Castro (MDB) também votou favorável pela aprovação da matéria, enquanto Elmano Férrer (Podemos) foi contrário à proposta de combate às fake news, que ainda precisa ser apreciada na Câmara Federal.

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree