-->

Reabertura do comércio: postos de combustíveis vislumbram melhora nas vendas

05 Julho 2020

Às vésperas da reabertura gradual do comércio no Piauí, postos de combustíveis vivem

a expectativa de melhora nas vendas, em baixa desde o início da crise sanitário provocado pelo novo coronavírus (Covid-19), sobretudo pelas medidas restritivas impostas pelo poder público para alguns setores econômicos.

“Tivemos um momento em que a perda nas vendas foi de 70%, hoje está próximo de 50%. Estamos trabalhando vendendo a metade do que normalmente venderíamos”, explica Alexandre Cavalcanti, presidente do Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis do Piauí.

Postos de combustíveis não funcionaram neste fim de semana (Foto: Jailson Soares/ODIA)

No último sábado (4) e neste domingo (5), todos os postos de combustíveis e supermercados foram proibidos de funcionar por determinação de decreto estaduais, o que também ficou estabelecido por diversas administrações municipais e não foi objeto de disputa judicial como em outra ocasião.

"Acatamos o decreto porque sabemos da situação, embora achamos que seja uma medida que não contribui para evitar o contágio. O abastecimento é feito de forma segura, pois hoje trabalhamos igual a um delivery. O decreto não é uma medida efetiva, porém acatamos a decisão”, pontuou Cavalcanti.


LEIA TAMBÉM:

O lockdown’ neste fim de semana é uma tentativa das autoridades públicas em acelerar a contenção da doença no estado, que começa a reabrir sua economia a partir de segunda-feira (6). Para os donos de postos de combustíveis, essa retomada pode normalizar os negócios até o final do ano.

“Muitas empresas quebraram, outras estão quebrando, então isso vai dificultar muito. Os postos só estão bem quando toda a economia também está. Como atendemos todos os outros setores, se parte deles está sofrendo então os postos sofrem junto”, disse o empresário.

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree